Google China redireciona serviços para Hong Kong

4
85

O Google anunciou, no início da tarde de hoje, que removeu a censura de seus serviços na China.

Segundo a empresa, o acesso aos serviços Google.cn estão sendo direcionados para Google.com.hk, cujos servidores encontram-se hospedados em Hong Kong. Assim, a empresa continua oferecendo acesso aos usuários da China continental, com uma censura bem menos agressiva que a praticada anteriormente. Para os usuários de Hong Kong, não haverá mudanças.


Devido ao aumento repentino e significativo do tráfego, além da complexidade de tais modificações, o Google alerta aos usuários que alguns serviços podem ficar lentos e, em alguns momentos, inacessíveis.

Apesar de pertencer à China, apenas a defesa nacional e relações diplomáticas de Honk Kong são responsabilidades do governo central em Pequim.

Até o momento, YouTube, Google Sites e Blogger encontram-se totalmente bloqueados na China. Já Google Docs, Grupos e Picasa possuem bloqueio parcial.

Segundo o Google, a solução é “perfeitamente legal e vai aumentar significativamente o acesso à informação para as pessoas na China”. “Esperamos sinceramente que o governo chinês respeite nossa decisão”, afirma o comunicado assinado por David Drummond, vice-presidente de Desenvolvimento Corporativo do Google.

A meu ver, é apenas uma questão de tempo até que o governo Chinês comece a bloquear o acesso aos serviços hospedados em Honk Kong. Assim, somente população de Honk Kong continuará tendo acesso aos serviços do Google.

Entenda o desenrolar do caso através do post O caso Google na China, de Willian Max.