Gmail e Calendar também deixarão de dar suporte ao IE6

13
48

Em um comunicado, enviado aos administradores de domínios que utilizam o Google Apps, o Google demostrou estar, de fato, disposto a fazer com que todas as suas aplicações deixem de dar suporte ao Internet Explorer 6.

Segundo o comunicado, além do Docs e Sites deixarem de dar suporte ao IE6 no dia 1º de março, o Gmail e o Calendar seguirão o mesmo caminho. A empresa alega que, com o avanço tecnológico dos navegadores, que incluem novos padrões com o HTML5, além de um processamento mais rápido de JavaScript, pretende melhorar seus produtos e oferecer recursos mais sofisticados.


Os serviços continuarão a dar suporte ao Internet Explorer 7.0+, Firefox 3.0+ e Google Chrome 4.0+, além do Safari 3.0+.

Essa semana, usuários do Docs e Sites, que ainda utilizam a versão antiga do Internet Explorer, começarão a ver uma mensagem do Google explicando sobre a mudança e solicitando que atualizem seus navegadores. A empresa promete exibir um novo alerta mais próximo do dia 1º de março.

Ainda segundo o comunicado, o Google Apps entregou, em 2009, mais de 100 melhorias que aprimoraram a experiência do usuário com os produtos da empresa.

A pergunta que não quer calar é: por que, até hoje, a Microsoft não extinguiu o IE6 das máquinas dos usuários? Será que há, de fato, a necessidade de um gigante como o Google bater de frente com a empresa de Redmond, a fim de retirar o arcáico, vulnerável e temido (pelos web designers) IE6, definitivamente, do ar?

13 COMENTÁRIOS

  1. A resposta é simples:
    se ela incluir o IE, é processada. Se retira o IE é processada. Se atualiza o windows automaticamente sem perguntar ao usuário, é processada. Se pede pra instalar o IE 8 é processada.
    Todo mundo reclama quando ela pede pra atualizar, e todo mundo reclama quando ela atualiza sem pedir.

  2. Ainda tem o problema dos usuários corporativos. Ontem mesmo eu tive que formatar um computador e desativar as atualizações pro IE se manter no 6.0, porque o sistema só rodava nele, não roda nem no 7.0+ e em nenhum outro navegador.

  3. Uso de IE6 nem lá muito a culpa da Microsoft. Qualquer um que já atualizou seu Windows sabe que o update é automático. E não, isso não gera processos, isso foi uma outra época (todo mundo precisa do IE: para baixar outro browser).

    Os verdadeiros culpados são os administradores de TI cabeções e suas pseudo-políticas de segurança que não atualizam as máquinas dos usuários que não tem direitos de acesso para faze-lo.

  4. Na realidade a MS já estava preocupada com isso, mas os usuários salsa realmente não viam interesse em atualizar o Internet Explorer :p

    André, o Opera suportará.

  5. O Opera suportará sim pessoal, são os engenheiros do Opera e do Safari que são os grandes pioneiros nos novos padrões Web.

  6. Opera segue os padrões, e por isso sempre será suportado pelo Google.

    Sobre as empresas que tem sistemas que só rodam no IE6: elas podem instalar outro browser, não IE, pra navegar na internet.
    Na verdade, seria até mais seguro assim.

Comente!