Google Docs e Sites deixarão de dar suporte ao IE6

17
128

Depois do YouTube e Orkut, agora foi a vez do Google Docs e Sites deixarem de dar suporte ao Internet Explorer 6.

O IE6 será suportado, somente, até 1º de março. Até lá, os usuários continuarão tendo acesso aos serviços, mas novas funcionalidades podem não estar disponíveis para a versão 6 do navegador, bem como alguns recursos poderão deixar de funcionar.


Mas o IE6 não deixará de ser suportado somente pelo YouTube, Orkut, Docs e Sites. O Google planeja, progressivamente, fazer com que todos seus serviços deixem de dar suporte ao navegador.

Se você é usuário do IE6, recomendo que atualize seu navegador para o Internet Explorer 8, ou migre para o Google Chrome ou Mozilla Firefox.

Caso não saiba qual é a versão do navegador que está utilizando, acesse o site WhatBrowser.org, criado pelo Google.

17 COMENTÁRIOS

  1. Excelente atitude do Google. Já passou da hora de um grande player tomar as rédeas dessa importante migração. Tem muita gente em risco ao usar o IE6, e infelizmente, a Microsoft pouco tem feito para corrigir isso.

  2. E após os ataques da China, o Google:

    – Declara que possivelmente deixará de censurar seus resultados naquele país;

    – Aumenta o nível de segurança de seu webmail;

    – Começa a desenvolver e testar ferramentas mais robustas de privacidade e segurança no Chrome;

    – Anuncia que em breve deixará de oferecer suporte ao IE6 em suas aplicações online.

    Qual será a próxima medida?

  3. Não funciona.
    Instalei a extensão Translate no Chrome 4.0, mas, ela simplesmente não traduz.
    Alguém sabe o que mais fazer além de instalar?
    Como funciona essa extensão?
    Grato,
    Philemon

  4. Nós da http://www.treedbox.com já tratamos o IE6 só em segundo caso, o IE6 foi lançado a mais de 9 anos! a tecnologia mudou muito.

    Utilizamos um simples código de redirecionamento no :

    window.setTimeout(“location.href=’http://treedbox.com/ie6′”,1000)

    Quem quizer pode copiar a vontade.

    Sugerimos ainda colocar o IE6 em segundo plano também nos contratos com o cliente, o importante é tirar esse browser defasado do mercado.

    Obrigado Google!

Comente!