Ministro da China diz que manterá censura na internet

Da Reuters:

A China defendeu seu extenso regime de censura e descartou as alegações quanto a ataque de hackers, alertando as empresas a não tentar escapar ao controle estatal da Internet, depois que o gigante norte-americano das buscas, Google, ameaçou abandonar o país.


Mas o ministro Wang Chen, do Conselho Estatal da Informação chinês, disse que as empresas de Internet deveriam ajudar o governo de partido único a conduzir a sociedade em rápida mutação do país, que hoje conta com 360 milhões de usuários de Internet, o maior total mundial.

Wang Chen não mencionou o Google diretamente, mas seus comentários sugeriram que não há muita margem para compromisso na briga sobre a liberdade da Internet.

“Nosso país está em estágio crucial de reforma e desenvolvimento, e este é um período de conflitos sociais fortes”, disse ele, cujos comentários foram postados no site do conselho. “Orientar devidamente a opinião na Internet é uma medida importante para proteger a segurança das informações na Internet”, completou.

One Reply to “Ministro da China diz que manterá censura na internet

Comente!