Google Docs com ordenação por relevância e opção para exportar todos os documentos

google-docs-blogO Google anunciou esta semana duas grandes novidades no Google Docs: ordenação por relevância e uma nova opção que permite exportar todos os documentos armazenados no serviço. Entretanto, ambas as funcionalidades estão em propagação e podem não estar ativas em todas as contas neste momento.

Refinamento por relevância


Agora, todas as pesquisas feitas dentro do Google Docs passam a ser ordenadas pelos ítens com maior relevância. Caso você queira alterar o modo de ordenação, o Docs oferece um menu drop down com outras opções incluindo: documentos favoritados ou por data da última modificação.

“Esta melhoria na pesquisa dentro Docs também inclui termos recorrentes e sinônimos. Portanto, se você procurar por “conta”, irá verificar que iremos também incluir os resultados de algumas variações dessa palavra, incluindo “conta corrente”. Ou, se você procurar por ‘mac book’, vamos incluir também resultados para ‘MacBook'” explicou Vijay Bangaru, Gerente de Produto do Google Docs.

Exportar todos os documentos

Em complemento a função de exportar individual, o Google finalmente disponibilizou uma ferramenta que possibilita exportar todos os documentos do Google Docs com um único clique. De acordo com a empresa, existe uma limitação em até 2GB de dados, algo equivalente a 100.000 documentos.

“Você também pode exportar um arquivo para o e-mail de alguém. Basta selecionar um item, clicar em ‘Compartilhar’ e selecionar ‘e-mail como anexo…’. Em seguida, escolher o formato (PDF, MS Office, etc) que pretende utilizar para enviar o item, compor o seu e-mail, e clique em enviar”.

Desativação da função de envio de documentos por e-mail

A equipe do Google também aproveitou para informar que desativou nesta semana a opção de envio de documentos por e-mail. “Como você deve saber, a funcionalidade estava defasada e suportava apenas um pequeno subconjunto de tipos de documentos, quando comparado com a lista de documentos. A fim de solucionar este problema, desativaremos o recurso e pretendemos trazê-la de volta no futuro com mais funcionalidades e uma melhor integração”.

You May Also Like