Review do HTC Magic – o Android Phone da TIM

Como muitos leitores estavam esperando, aqui vai o meu review compilado do HTC Magic, um dos primeiros celulares equipado com Android que a TIM está trazendo ao Brasil. Durante as últimas semanas, venho testando muitas das ferramentas disponíveis para a plataforma e analisando o desempenho do aparelho sob várias situações. O resultado desses testes, você confere abaixo:

htc-magic2


Bateria

Uma das qualidades da plataforma Android está em manter o aparelho quase sempre ativo na internet, essa vantagem, no entanto, se torna uma desvantagem quando uma configuração ostensiva é colocada a prova de balas. Em nossos testes, uma configuração de sincronização ativa e automática pode colocar o Magic em um apagão cronometrado.

Com a grande demanda por utilização de conexão com a banda 3G e a execução de aplicativos em segundo plano, o Magic apresenta uma utilização massiva de energia. Em outras palavras, a duração da bateria pode ser facilmente reduzida para apenas algumas horas conforme a configuração feita pelo usuários.

Quando a configuração é programada para uma atualização mais contida e manual, obtemos uma grande melhoria neste aspecto. O Magic passa a responder por mais tempo, o stand by não é mais um problema de urgência e você consegue fazer mais coisas, como por exemplo, fazer uma ligação.

Recomendamos a utilização de um carregador veicular para evitar surpresas.

Desempenho e Usabilidade

Se existe algo muito interessante no Magic é a sua perfomance. O aparelho é rápido para executar aplicações, mesmo quando existem aplicativos em segundo plano, e sua resposta aos toques são muito similares a experiência fornecida pelo iPhone, da Apple. A interface HTC Sense também ajuda muito neste aspecto ao valorizar algumas funções que o sistema operacional Android não oferece por padrão.

Com a integração da capacidade de multi-touch feita pela HTC, os usuários podem tirar melhor proveito da navegação na internet e grande facilidade de dar zoom em fotos. A presença de um plugin de Flash também oferece uma melhor experiência de uso com a internet, todos as animações existentes são exibidas da mesma forma que em um computador padrão.

Hardware

Um aspecto polêmico do Magic é seu hardware. Embora sua câmera de 3.2 MP com foco automático tenha uma boa nitidez em ambientes com luminosidade, o modo vídeo deixa a desejar. As gravação de vídeos é feita com pouca nitidez e visualizar fora da tela do aparelho é extremamente frustrante.

Outro ponto negativo está no armazenamento da memória interna, o Magic oferece apenas 512 MB, espaço que pode ser facilmente preenchido dependendo da quantidade e tamanho dos aplicativos que o usuário tenha a intenção de instalar. Para suprir essa necessidade, o Magic pode ser expandido através de microSD (compatível com SD 2.0).

Em conectividade o aparelho oferece um prime-time para seus consumidores, o aparelho traz suporte a rede 3G, Wi-Fi, Bluetooth 2.0 e Mini USB. O modelo também integra uma Track ball que permite navegar pelas imagens do Google Street View de modo fácil, basta deslizar o dedo para visualizar em todas as direções.

Android Cupcake 1.5

Agora que já vimos alguns dos aspectos do dispositivo HTC Magic, e suas diferenças físicas, vamos agora mergulhar no mundo da plataforma Android. Diferente da versão padrão do Android, o sistema operacional bruto que o Google libera, a versão disponibilizada pela HTC apresenta algumas funcionalidades adicionais e facilidades que destacam o dispositivo.

Desenvolvido para ter multi-interface e cenas (ex: definir uma interface para o trabalho, casa, final de semana), a interface Sense oferece aos usuários a possibilidade de customizar as sete telas do Android de modo independente, com widgets dinâmicos, atalhos para aplicativos e funções, e pastas. O papel de parede e da tela inicial e do bloqueio também podem ser personalizadas.

A interface do Android também está mais arrojada e intuitiva, o acesso ao telefone e a opção de personalização são visuais e mais fáceis que na versão padrão. O Magic também revela a integração de aplicativos e widgets totalmente reformados, o que garante ao aplicativo uma melhor qualidade visual e grandes surpresas para consumidor.

Para suprir a necessidade de um teclado QWERTY, como no caso do Nokia N97, o Android Cupcake 1.5 integra um teclado virtual que pode ser expandido para fullscreen ao colocar o dispositivo de lado. A ótima sensitividade da tela colabora para um uso cômodo e confortável.

Conclusão

Se você procura por um aparelho fino, leve e rápido para comunicação, entretenimento, e principalmente, para ficar conectado na internet, o HTC Magic é sem dúvida o aparelho que você precisa. Está com alguma dúvida, corra para uma loja da TIM e dê uma olhada, tenho certeza que você irá gostar. =)

artigo_patrocinado

17 Replies to “Review do HTC Magic – o Android Phone da TIM

    1. Olá Mauricio, o HTC Magic realmente não é um celular multimídia (vídeos), isso é fato. Mas no caso da bateria, e como descrevi no texto acima, depende muito da configuração e uso que você irá promover no aparelho. Embora inicialmente possa parecer muito negativo, o iPhone entra no mesmo patamar (algumas vezes menos de 24h).

      Com uma configuração para sincronização manual e desligando a rede 3G, você consegue esticar a bateria até no máximo 2 dias (foi o que eu consegui).

      Mas volto a repetir, para quem deseja um aparelho para comunicação, fácil e com uma interface robusta, pode escolher o Magic com os olhos fechados pois você vai adorar. Ah, leva no máximo 2h para carregar toda a bateria. =)

      Abraços!

  1. Sou usuário (satisfeito) de iPhone. Meu irmão está para comprar um iPhone porem estamos com duvida se não deveria comprar o HTC Magic. Você acha que o HTC Magic supera o iPhone ?

    1. Olá Rene,

      Acredito que um produto não supera o outro pois ambos apresentam características e finalidades diferentes. O Android é muito mais para comunicação e interação com a web, o iPhone já é mais entretenimento. Se você é um usuário compulsivo por e-mail, google talk, twitter e aplicativos que você quer ficar conectado, você deve escolher o Android.

      Abraços!

  2. Renê,

    Este aparelho vem com fone de ouvido? Qual é a conexão para fones? O celular aceita fones p2 (universal)?

    Tenho um HTC G1 e realmente acho que o android é um marco na telefonia. A questão da bateria eu resolvi deixando o celular na alimentação usb durante o meu trabalho.

    A única questão mesmo ficou por conta do fone de ouvido, que no G1 é mini usb :(

    1. Rodrigo, obrigado pelo feedback mas nós vamos continuar com os posts e analises!

      Ah, e num próximo comentário, tente não ser anônimo para dar veracidade a sua existência nesse mundo.

      Abraços!

  3. Algumas informações adicionais,

    O Mytouch 3G não é igual ao Magic, o magic possui memoria de 288mb enquanto o Mytouch tem 198mb apenas. A única versão do Mytouch que eu conheço que vem com 288mb de memoria e microSD de 16gb é o Mytouch Fender.

    Outra diferença que eu pude notar eh na versão do Android, meu HTC veio com a versão 1.6 enquanto o magic vem com a 1.5.

    Em questão da bateria eu tenho o mesmo problema, e pela pouca memória não consigo rodar a Sense UI aqui, fica muito lento.

    O HTC Magic/Mytouch não chega nem perto de um iPhone 3Gs, pra brigar com o 3GS, talvez o HTC Hero.

    Na minha opinião o grande concorrente anunciado até agora para o iPhone é o Xpiria X10 da Sony, com processador de 1Ghz e possíveis um 1Gb de memória ram, esse Android pode bater de frente com o iPhone por ter também uma UI inovadora.

    Mas to contente com meu mytouch, mas gostaria que ele tivesse os 288 de memoria ram.

  4. Não coloquei um e-mail falso para ficar anônimo, mas sim para preservar minha privacidade. Estou saindo do anonimato agora e volto com minha posição. Desde quando esse Android chegou ao Brasil pela TIM, ela vem injetando grana no Google Discovery e o assunto é só o celular, só o celular. Não acho que o blog deve parar de postar sobre o Android, afinal ele é um produto do Google. Só acho que tem que parar com essas revisões pagas toda hora. O Google é contra isso (só não perderão pagerank pois os posts não possuem link). Façam uma pesquisa e verá que é realmente chato ler propagandas toda hora! :)

    1. Legal Rodrigo, agora vamos para o outro lado do blog.

      Diferente dos sites de notícias que você costuma acompanhar, este blog funciona de modo colaborativo onde os editores apenas escrevem em seus momentos de lazer ou horário livre. Sim, a TIM é uma das patrocinadoras e solicitou um review do aparelho, permitido que o leitor pudesse ler sobre, visualizar e obter a mesma experiência que tivemos ao recebe-lo. Esses posts, como você observa, foram feitos de forma prioritária para respeitar o acordo com a fabricante.

      E o que você tem com isso? Dizer que injetou grana é fácil. Agora vou lhe explicar o que isso vai motivar: já contratamos um programador para refazer o layout do blog para 2010 e temos pretensões de alavancar o GD criando um time de editores (pagos). Para isso, precisamos cada vez mais de empresas como a TIM para que esse futuro se mais real.

      Esse projeto está mudando com a ajuda da TIM e outras empresas, em alguns momentos até podem ocorrer exageros, mas estamos seguindo um planejamento que será muito bacana para quem continuar nos acompanhando. Abraços!

  5. Pessoal,

    eu acho este blogue muito bom e não me incomodo com propagandas. Apenas quero sempre contar com a franqueza do Renê quanto aos assuntos abordados.

  6. como configuro o htc para navegação na internet, o aparelho que possuo não esta efetuando a navegação

  7. Taí,
    estou com o Htc Magic já tem 50 dias,
    já tive Htc Touch, O2, Samsung Jet, minha experiência é de que ele é muito bem configurado.
    Deixo o 3G desabilitado, mas faço um uso regular da banda para atualizar o aparelho.
    Uso tudo que o Google me proporciona como contatos, agenda e maps e sinto que a interação do aparelho com estes produtos é show de bola.

  8. Atualização;
    Já que você tem um bom contato com a TIM, será que teremos atualização do MAGIC para o Android 2.2?

  9. Renê,

    Legal seu site!!! Responde uma dúida, como a HTC/TIM tem coragem de vender um celular em outubro de 2010 com um sistema ultrapassado? Comprei o Magic celular e me deparei com o android 1.5 ( o sistema já está na ersão 2.2). Você sabe se irá ser lançada a atualização para ele? No site da htc , nada!!! Entrei em contato pelo telefone e eles não sabem dizer se será disponibilizado essa atualização para o brasil. Alguma informação?

  10. Como a TIM/htc tem coragem de colocar no mercado um celular com OS ultrapassadíssimo? Comprei esse htc magic hoje ( 15/09/2010) e o celular vem com android 1.5, sendo que o android já está com versão 2.2. Vc simplesmente bão pode instalar um monte de programa no market, pq o sistema é limitado, absurdo!

  11. só complementando o comentário que eu fiz:

    Tenho amigos que tem o Iphone 3GS com 3 anos de uso e ATÉ HOJE, recebem atualização de firmware ( a última foi a 3.1.3), ou seja, eles tem dispositivos com três anos de uso e que estão atualizados, eu, com um HTC/TIM há 2 dias e ultrapassado. Ainda fiquei em dúvida entre o Iphohe e a magic, a escolha foi errada….fica a lição.

Comente!