“Google Phone não é mais um mito, é real” diz TechCrunch

motorola_phone_googleEmbora o Google já tenha frisado muitas vezes que não planeja lançar um telefone celular com sua marca – o mito “Google Phone” do passado – alguns blogs de tecnologia voltaram essa semana a reportar que um aparelho desenhado pelo Google pode vir a emergir no futuro.

Sem citar fontes, o TechCrunch, um dos blogs de tecnologia mais popular da internet, afirmou que o Google estaria construindo um celular com sua marca com intenções de vendê-lo diretamente aos consumidores. “Eles estavam planejando lançar neste final de ano mas foi adiado para 2010. O celular será produzido por um grande fabricante e terá apenas a marca do Google” disse o blog.


Após um verdadeiro confronto de especulações entre os sites de notícias – como um possível conflito de interesse do Google com os atuais fabricantes de celulares com Android – o TechCrunch retomou as discussões na última quarta-feira ao apresentar uma nova e suposta informação para o Google Phone.

Para Michael Arrington, editor-chefe, o dispositivo não será um competidor para os aparelhos lançados com Android, talvez nem possa ser considerado como um celular. “O Google Phone pode ser apenas dados, conduzido por um dispositivo VoIP. E o Google pode fechar uma parceria com a AT&T para fornecer esse serviços de dados para o Google Phone, disse uma pessoa com quem falamos hoje”.

O blog também citou alguns processos do passado como a jornada do Google pelas ações da FCC pelo Spectrum de 700MHz em 2007 e a possibilidade de um celular voltado a apresentar um acesso mais fácil dos usuários para o Google Voice, uma grande possibilidade caso realmente haja a inclusão de uma função VoIP.

3 Replies to ““Google Phone não é mais um mito, é real” diz TechCrunch

  1. Daqui a pouco o Google vai passar a vender, hmm, cachorro-quente. Quem sabe né?! Haha.

    Eu não tenho nada contra o Google, absolutamente, adoro essa empresa e uso muitos de seus serviços.

    Mas acho muito interessante o fato de que quando eu comecei a usar o “Google”, era muito obvio que eu estava falando do buscador; hoje não.

    Quem sabe o Google realmente vai dominar o mundo. = )

Comente!