Review: palestra A internet do Futuro por Vint Cerf

internet-do-futuro

(Cross-posted com o blog #TwitterBH)


Há um tempinho atrás, o Vint Cerf, pai da internet e vice Google, veio em BH para fazer um palestra: “A Internet do Futuro”. Tá eu sei, estamos meio atrasados com isso, mas antes tarde do que nunca não é mesmo!

A primeira pessoa que encontrei no dia foi o Kico Zaninetti, e assim que entramos no Minas Centro encontramos com algumas pessoas do TEIA MG. Um obrigado especial para o Gabriel Araújo por ter arrumado lugares privilegiados para mim e para os meninos do TwitterBH.

Antes da palestra principal, Berthier Ribeiro Neto fez uma introdução rápida de quem é Vint Cerf e falou de como ele começou a internet com os primeiros protocolos TCP/IP. Nada que o wikipedia não tenha, então não vou aprofundar nisso.

Vint começou sua palestra falando de como eram as coisas bem antes da internet surgir, em 1969, quando ele começou o projeto ARPANet, que tinha como principal objetivo explorar uma nova tecnologia: a troca de pacotes. O seu principal papel nesse projeto eram com pesquisas de como integrar redes de comunicação entre algumas faculdades.

Vint Cerf é o responsável pela criação do protocolo IP no final da década de 70. Era um projeto experimental e ele definiu um tamanho de caracteres de 32bits para o protocolo. Hoje ele reconhece o erro de não ter escolhido um tamanho maior, pois o limite de IPs está acabando, então para resolver este problema foi criado o IP versão 6 que está sendo implementando aos poucos. O Google já tem todas suas tecnologias funcionando com esse protocolo. Para saber se o seu IP é aceito na versão 6, acesse ipv6.google.com.

A internet vem crescendo exponencialmente. Hoje são quase 24% da população mundial conectada, e o Brasil é um dos lugares que estão evoluindo mais rápido. E esse numero tende a crescer. Hoje podemos contar com a mobilidade, o que nos leva a ter mais dispositivos acessando a internet do que pessoas. Celulares já não servem mais apenas para conversar com as outras pessoas, são usados também para acessar a internet, ouvir musica, tirar fotos, indexação geográfica e até controlar outros dispositivos. A mobilidade nos dá a informação certa, na hora certa, no lugar certo!

Além da mobilidade, estamos na era da computação em nuvens, onde empresas grandes como a Google, AmazonMicrosoft já aderiram e todos os dias criam novas tecnologias para facilitar ainda mais o compartilhamento e colaboração entre as pessoas. A computação vira utilitária em tempo real e com isso ganhamos mais aplicativos interconectados.

Mas quais são os impactos causados na economia com esses avanços? Vint responde que o número de negócios inesperados crescem, ou seja, novas profissões surgem, como pessoas contratadas só para criarem perfis em jogos como o Second Life. Com a criação de novas profissões, o PIB acaba aumentando.

Infelizmente, com todos esses avanços, não temos apenas o lado bom, mas também a parte ruim como a violação de privacidade pessoal. Vint destacou na palestra que é importante sim a colaboração e a expansão da internet ao ponto de ficar quase gratuita e transforma-la em uma plataforma aberta. Mas devemos tomar cuidado e prestar atenção em quais tipos de ações não aceitamos, por exemplo, os spams. É usar a internet de forma correta e não abusar desse meio de comunicação.

O último ponto da palestra foi o projeto InterPlaNet, a internet interplanetária. O projeto começou há 11 anos na Califórnia com o objetivo de fazer transmissão de dados do espaço para a Terra.

Depois disso foram feitas algumas perguntas ao Cerf sobre inclusão digital, profissionais de e-mail e reconhecimento de fala. As respostas foram ótimas. Em relação a inclusão digital, ele falou que ainda temos o problema de custos para acessos que ainda são muito significativos. Enfatizou como a banda larga deveria ser vendida à preço acessível como é feito em vários países. A pergunta sobre profissionais de e-mail, era sobre pessoas contratadas para separar o e-mail útil dos e-mails desnecessários. Vint citou que poderia sim existir, mas que acha que o filtro de anti-spam do Gmail funciona muito bem (jabá?). No fim, a pergunta sobre o entendimento da fala, ele citou o Google Voice, que é a busca de termos através da fala humana.

Concluindo, achei o Vint Cerf um gênio, e o que eu escrevi aqui, não é nada perto da brilhante palestra que ele deu. Visite o site da TEIAMG, lá tem tudo gravado e traduzido.

Veja também as fotos do evento no álbum do TwitterBH.

One Reply to “Review: palestra A internet do Futuro por Vint Cerf

Comente!