YouTube remove vídeos amadores, Warner diz que existem erros na tecnologia de remoção

youtubewarnermusic.jpg

Segundo informações publicadas pelo The New York Times, o YouTube, em respeito a requisitação de direitos autorais da Warner Music, tem removido às cegas qualquer vídeo que possa ser identificado como material protegido por leis de copyright.


Além dos vídeos profissionais, o foco do processo movido pela Warner, o YouTube também está removendo milhares de vídeos amadores, onde pessoas simplesmente cantam ou tocam trechos de músicas, revelando publicamente uma certa confusão sobre materiais que possuem ou não copyright.

Um porta-voz da Warner Music disse que sistema de identificação de material protegido do YouTube não diferencia entre vídeos musicais feitos profissionalmente e material amador que pode incluir trabalhos protegidos.

Em resposta, Chris Dale, um porta-voz do YouTube, disse que a empresa continua procurando meios de conversar con gravadoras e manter as músicas no  site, mas algumas vezes o insucesso de uma negociação pode ser desapontadora para a comunidade.

Ainda, segundo Dale, o YouTube oferece aos usuários a chance de disputar uma reinvidicação de copyright, ou usar uma funcionalidade integrada ao site que substitui a música protegida.

2 Replies to “YouTube remove vídeos amadores, Warner diz que existem erros na tecnologia de remoção

  1. Aí que você vê, né.

    Ok, o you tube tem o maior índice de vídeos da internet, mas tá longe de ser um bom serviço. Enviei uma dublagem da minha irmã e eles cortaram a música. Mandei pro Vimeo e, oh, eles têm até um canal pra incentivar dublagens. E pior: toda vez que quis procurar música no youtube, achei os clips com os sons.

    Se f*d*r, sabe? Como se ninguém baixasse mp3 nessa terra ¬¬ Ridículo!

  2. Esse negócio tá ficando cada vez mais ridículo. A APCM, aqui do Brasil, tá solicitando a remoção de álbums de bandas independentes (porque, se é mp3, não pode) e sem relação alguma com as gravadoras associadas. O YouTube removendo dublagens, gente cantando ou seja lá o que for. Em algum país que não lembro, chegaram a mandar um espião pra um casamento e meteram um processo porque usaram uma música sem pagar direitos autorais.

    Quero que cada vez mais bandas se tornem independentes, sem depender dessas gravadoras.

Comente!