Mozilla analisa um futuro sem o Google

firefoxchromeSegundo a BusinessWeek, a Fundação Mozilla, organização responsável pelo desenvolvimento do navegador Firefox e cliente de e-mail Thunderbird, quer encontrar meios alternativos para manter seus rendimentos sem o apoio do Google. 

“Nós estamos fisicamente rodeados pelo Google,” diz Mitchell Baker, que se tornou presidente da Fundação Mozilla após renunciar ao cargo de chefe-executivo no ano passado. Segundo a executiva, o Google responde por mais de 88% dos rendimentos da Fundação, totalizado em $75 milhões em 2007. 


Para analistas, o “Firefox necessita mais do Google que o Google precisa do Firefox, e esta situação ficará cada vez mais visível” assim que o Chrome ganhe novos usuários, diz Ray Valdes, Diretor de Pesquisas da Gartner.

“Há provavelmente outros sistemas de buscas que pagariam a nós mais dinheiro” diz Baker. Embora a executiva não revele, uma empresa já teria oferecido um “cheque em branco para substituir o Google”.

Baker diz que não é a Microsoft. Quem será?

12 Replies to “Mozilla analisa um futuro sem o Google

  1. Simples de resolver pessoal. O Google compra a empresa Mozzila, tem seu desenvolvimento de um gerenciador de e-mails que o Google não tem, acaba com a Micro$oft e seu Otlook imprestável, une o Firefox ao Chrome, dando opção ao usuário qual que ele quer, já que ambos são "códigos abertos" (talvez o Firefox não, não sei) mas poderia ser.

    O Google fica com os funcionários competentes da Mozzila, e desenvolve o seu Sistema Operacional, e acaba com o reinado da Micro$oft =D

    Alguém continua a história? Algum voluntário?

  2. Olha quem apareceu por aqui, o caro amigo Monthiel, rsrsr.

    Mas como o Yahoo vai se sustentar sendo que quase foi vendido para o Google ???

    Outra, o Google, o pessoal lá de dentro, são muito inteligentes, acho que não deixariam a Mozzilla na mão, e muito menos para o "concorrente" Yahoo…

    1. Se o Google sair fora e o Yahoo não assumir, o Firefox está com os dias contados. Nenhuma empresa de tecnologia, tirando a Microsoft, teria dinheiro o suficiente para render tanto dinheiro para a Mozzila apenas com uma pareceria.

      1. O Google teria que ter um bom motivo para não assumir a Mozilla, já que se trata de bons negócios, sendo que partindo de quem queria comprar o Yahoo, e ainda está negociando o Twitter, para assumir a Mozilla basta assinar um papel, com uma caneta de R$ 0,25

        Tá certo, lá é mais barato: $0,10

        Bom motivo???
        O Firefox só é o navegador mais usado pelos bloggers, e tem infinitamente mais pessoas Firefox que o Chrome (Eu por exemplo). O Chrome ainda não tem os plugins ótimos do Firefox… ainda não….

        Tem gente que não gostou do Chrome, apesar de ser mais leve, é como dizer (Troca a Microsoft pelo Linux!)

        O Firefox vem em todas as distros do Linux. O Google lançou agora a versão Chrome do Linux chamada Chromium, que ainda ganhará terreno. Acabei de baixar, mas ainda não consegui instalar :-S

        Acho que motivos não falta, sem falar na capacidade intelectual dos projetistas da Mozzila. E ainda o Google levaria, repito, o Thunderbird, melhor, mais rápido, mais funcional, assina Feeds =D

        Desvantagem??? Nenhuma.

  3. Não apóio o Google a deixar de investir no Mozilla Firefox.
    Mais vale uma raposa na mão (Firefox) do que dois pássaros voando (Chrome).

Comente!