Falha no Google Docs libera informações

logo-google-docsO Google informou que o Google Docs, seu serviço de processamento de texto online adquirido sob o nome de Writely e renomeado para ser comercializado sob o nome da empresa teve uma falha que permitiu o vazamento de informações pessoais.

Embora a falha já tenha sido corrigida, o problema foi que alguns documentos eram marcados como compartilhados sem intervenção humana quando estavam compartilhados com um segundo usuário com privilégios de convidar mais usuários, permitindo assim que fossem vizualizados por pessoas que os autores dos documentos não haviam autorizado a fazê-lo.


A falha não afetou as spreadsheets (planilhas) do serviço, somente as apresentações e documentos. O Google ainda informou que está contatando todas as pessoas afetadas pela falha e que apenas 0,5% dos documentos sofreu com o defeito.

“Como parte do conserto, nós usamos um processo automatizado para remover colaboradores e visualizadores dos documentos que identificamos como terem sido afetados. Nós então contatamos os donos de documentos via e-mail para lhes dizer quais documentos foram afetados em caso de necessitarem compartilhá-los novamente.”, disse Jennifer Mazzon, gerente de produtos do Google Docs no blog do serviço.

O Google ressalta que o bug já está arrumado, e informa que ele mesmo também foi afetado pelo problema.

Fonte: VNUNet; Google Docs Blog

13 Replies to “Falha no Google Docs libera informações

  1. Notícia nova.

    Um absurdo isso. Um desrespeito aos usuários.
    Esse vazamento pode ocasionar danos irreparáveis.

    Pior que o Gmail parar por 3 horas, é o vazamento dessas informações pessoais. Bem pior.

  2. Isso que da todo mundo querer botar tudo na "nuvem", eu particurlamente, não sou muito adepito a computação nas nuvens, pois pode acontecer isso que aconteceu, sim é só uma vez ou outras, mais mesmo assim.

  3. Ué, gente, então paga por um serviço que faça o mesmo com segurança. Tudo bem que a coisa não tem que ser ruim por ser gratuita, mas reclamar como se a gente fosse patrão de um serviço oferecido gratuitamente já é demais né…

  4. Não se trata de "reclamar como se a gente fosse patrão de um serviço oferecido gratuitamente". A discussão não é essa. A questão é que a computação em nuvem está sujeita a erros como estes – e sabe-se lá se um dia estará imune a isto – e, portanto, é algo ainda muito arriscado para querer que este modelo seja adotado por empresas, por exemplo.

  5. Olha cara eu entendo, mas pelo que tenho percebido estudando programação mesmo programas desktop oferecem risco, é uma coisa quase inevitável. Eu fico arrepiado só de pensar nas coisas que rolam por um triz dentro de um programa, sendo que um erro poderia levar a processos milhonários. Sites de banco são uma luta contra o caos, imagine a quantidade de hackers…

  6. Se não me engano o Picasa web sofre desse mal tb… basta passar o link direto da imagem pra outra pessoa e ela pode ver. Isso não é tão difícil de evitar, bastaria haver um condicional de sessão para mostrar ou não a imagem do banco de dados (a pessoa só vê a imagem se estiver "logada" ou tiver passado antes por uma determinada página que adiciona algo na sessão).

  7. É o seguinte, quando vc faz um site de album, tem duas maneiras de estocar as imagens (ou vídeos, qq arquivo binário) vc pode por o arquivo mesmo (com um nome não intuitivo pra dificultar adivinhar, como parece ter feito Picasa) numa pasta pública ou pode deixar as imagens no banco de dados (o que é mais seguro). Se estiver num arquivo qq pessoa com o link pode acessar, se estiver no banco, vc pode por uma condição. O mesmo processo pode ser usado para evitar que outros sites linkem diretamente pras imagens do seu.

  8. Olha, não tem jeito. Vai demorar para algumas pessoas se sentirem seguras com computação na nuvem. Imagina o quanto levou para se sentirem seguras para viajar de avião (entre as nuvens), algumas até hj não se sentem… De qualquer forma o Google precisa tornar o sistema MUITO atraente para compensar eventuais problemas/riscos (que mesmo os sistemas desktop possuem…).

  9. Quem se acostuma com Windows não tem nenhuma dificuldade em se acostumar com serviços do Google, lol!

Comente!