“Android não é aberto” diz Symbian Foundation

androidVocê pode não estar acompanhando mas recentemente os executivos do Google Android e Symbian Foundation entraram numa discussão de quem possui a plataforma mais “aberta” e quem apenas fala da boca para fora.

Para Lee Williams, da Symbian Foundation, o Android não é uma plataforma aberta, mas apenas um produto de marketing. “Android não é aberto. É um rótulo de marketing. É controlado pelo Google. Claramente um rótulo bonito mas não acredito que o uso do Linux é sinônimo de aberto, e eles fizeram o erro de assumir isso” disse.


Rich Miner, co-fundador do Android e Vice-Presidente do Google Mobile, respondeu que o Google tem apresentado uma tecnologia aberta em sua área de mobilidade. Miner lembra que para se tornar membro da Symbian Foundation é necessário um pagamento anual de $1,500, que não é aberto para pessoas físicas.

“Se você estiver falando sobre uma plataforma e o código-fonte não está completamente disponível para a plataforma, eu deveria dizer que é um erro chama-la de plataforma aberta” respondeu o executivo do Google.

3 Replies to ““Android não é aberto” diz Symbian Foundation

  1. De certa forma as duas não deixam de ser plataformas de código aberto , mas cada uma tem uma forma de manter algum faturamanto para manter-las, O Android desbloqueado não aceita aplicativos pagos já que geralmente esses aplicativos são necessários para algumas pessoas. Já o symbian como foi citado acima necessita de um pagamento anual de $1,500 e não é aberto para pessoas físicas. más não deixam de ser abertos.

  2. O Android é um otimo sistema assim como o symbiam apesar dos pesares.Possuo o Motorola Milestone que roda em android 2.0
    e acho sinceramente que a symbiam viu que iria se dar mal e abriu seu codigo.
    Sou dono do blog Dicas para Bloggar gosto muito de postar sobre o Android nunca postei sobre o symbiam até pela falta de assunto,mas vlw pelo post meus parabens.

    http://www.dicasparabloggar.com.br/

Comente!