A Google poderia lançar o seu próprio Kindle?

books_smAmazon Kindle, agora em sua segunda versão é um sucesso comercial e prova que a era dos dispositivos móveis de armazenamento e leitura de livros digitais chegaram para ficar. Mas o que é importante nestes produtos, e a história do iPod mostra isso, não é o hardware, mas a quantidade de conteúdo disponível. 

É justamente por isso que hoje a Amazon está imbatível neste mercado, porque possui uma loja virtual, em um modelo semelhante à iTunes Store, onde pode vender tanto o dispositivo e, o que é mais importante, quanto os próprios livros digitais. E Jeff Bezos consegue fazer um feito notável: disponibiliza 230.000 títulos à venda a um preço compatível com o mercado de livros on-line.


Mas você deve estar se perguntando: o que a Google tem a ver com isso?

Ora, a Google Pesquisa de Livros já possui cerca 7 milhões de livros digitalizados, que disponibiliza na Internet, seja por meio de dispositivos fixos, seja por meio de dispositivos móveis. Recentemente, fez um acordo com editores, destinado a permitir a comercialização on-line de livros digitalizados, que ainda estejam protegidos por direitos autorais. Acredita-se que este acordo, quando implementado, irá permitir a criação de um mercado gigante de compra e venda de livros, revistas e jornais digitais, com a multiplicação dos títulos atuais e manutenção de uma biblioteca com lançamentos, à exemplo da Amazon.

Em se confirmando esta previsão, nada mais natural se acreditar que a Google crie uma aliança em outros fabricantes de dispositivos móveis de leitura de livros digitais, para que ela forneça um sistema operacional e um navegador, ambos de código aberto, para que os fabricantes produzam os dispositivos e ela forneça os livros digitais em sua loja. Seria um modelo semelhante ao do Android.

Absurdo? Acho que não. Mas somente o futuro poderá confirmar.

5 Replies to “A Google poderia lançar o seu próprio Kindle?

  1. Não acho nenhum absurdo que isso aconteça, ainda mais se tratando do Google. agora que eles tem um sistema operacional que está caindo no gosto dos usuário acho que é totalmente plausível que feito o acordo com as editoras, o lançamento de um leitor de ebooks. muito bem pensando Rômulo.

    1. Acredito que uma versão especial do Android já poderia dar conta do recado, assim como é esperava versão mais robusta para Netbooks.

      Só falta o Google deixar de lado a idéia que o Android é só para smartphones.

    2. Acredito que uma versão especial do Android já poderia dar conta do recado, assim como é esperado uma versão mais robusta para Netbooks.

      Só falta o Google deixar de lado a idéia que o Android é só para smartphones.

  2. tava vendo o preço de um Kindle é muito alto, compença mais comprar um notbook,

    Acho que se o google deve desenvolvero seu Kindle para entrar na concorencia para abaixar o valor.

    Se o preço de um Kindle foce baixo, ja teria muita gente comprando,

    Para um aluno de faculdade que muitas vezes tem que imprimir ou tirar xerox de apostilas que os professore passam e caregar um monte de papeis para estudar e auxiliar na sala de aula,,,carega-se apenas um Kindle seria otimo,

    eu te pensei em comprar um mas apos ver o preço nao vale a pena, e so compro um quando o valor desse dispositivo esteje a baixo da metade do valor de um notbook ou netbook

Comente!