Sistema Operacional do Google em desenvolvimento?

 googleos_fake

Segundo informações publicadas pela Forbes, algumas evidências descobertas pela empresa de pesquisas Net Applications podem indicar que o Google estaria desenvolvendo um novo projeto em segredo.


“A empresa de pesquisas Net Applications recentemente descobriu que entre 11% a 30% do tráfego do Google, proveniente do Googleplex em Mountain View, na Califórina, não apresenta qualquer tipo de identificação. Que segredo o Google estaria querendo esconder da web?” descreve a reportagem.

“Eu ficaria chocado se o Google não estivesse desenvolvendo seu próprio sistema operacional. Eles claramente querem cavalgar online sem utilizar serviços da Microsoft” afirmou Vince Vizzacarro, executivo da Net Applications.

Para descobrir essa novidade, a empresa de análise Aliso Viego teria adicionado uma nova funcionalidade em sua ferramenta da monitoração, software que acompanha diversas tendências da utilização da Internet através da análise de tráfego para mais de 40.000 sites ao redor do mundo.

Os novos dados no entanto demonstraram que uma percentagem de usuários de Internet nos escritórios da Google (principalmente na sede em Mountain View) está usando um sistema operacional que possui escudos de detecção ao tirar qualquer informação de identificação.

“O Google é a única companhia que apresenta esse tipo de comportamento”, complementou Vizzacarro. “Funcionários do Google que não utilizam o ‘secreto sistema operacional’ costumam utilizar várias versões do Unix, como o Linux ou Ubuntu, e alguns outros velhos sistemas operacionais”, diz ele.

Estaria o Google desenvolvendo uma versão especial do Android para Desktops? Ninguém sabe. Mas a idéia de um sistema operacional de código-fonte aberto do Google não deixa de ser muito interessante.

9 Replies to “Sistema Operacional do Google em desenvolvimento?

  1. Eu já tenho o gOS, que é um sistema operacional baseado no Ubuntu e por muito tempo foi chamado de “Google OS”. Mas um verdadeira Android para PC ficaria legal pacas… APROVADO! =P

  2. Tudo bem, seria um passo interessante, mas devemos considerar diversas coisas:

    1. A Microsoft domina em torno de 90% dos sistemas operacionais no mundo, ou seja, quase tudo já está feito para o Windows, portar dá trabalho e emular é muito ruim.

    2. O suporte técnico do Google é extremamente ausente, eles ignoram os usuários que têm problemas por que outros são burros demais para pesquisar antes de entrar em contato, então fica aquela coisa fria e decepcionante. Isso seria catastrófico para o SO.

    3. Esse tipo de coisa que a Net Applications fez não é invasão de privacidade não? haha

  3. Eu acredito que não seja um sistema operacional desenvolvido pela google, e sim um sistema operacional comum com um sistema de proteção bom o suficiente para que seus concorrentes não os espionem, isso garantiria a eles uma certa vantagem ao não permitirem que os concorrentes espionem o que eles estão fazendo.

    Porém, ha alguns anos atrás ninguém diria que a google iria lançar um sistema operacional para celulares… O jeito é esperar pra ver o que acontece.

  4. Não sei, não li o artigo original ainda, e não sei em que se baseiam para analisar o tráfego… Verificam o “user agent” no packet de HTTP? De qualquer modo, se eu fosse a Google e estivesse desenvolvendo um sistema novo, a última coisa que faria era chamar a atenção escondendo a informação no tráfego… Seria muito mais simples colocar lá “Linux i686”, “Windows NT 5.1” ou “Vista”, etc , e pareceria um tráfego normal :-) Ou então o objetivo é esse mesmo, chamar a atenção e alimentar rumores :-)

  5. Tá perdendo o foco. Se realemente tiver desenvolvendo,vão querer colocar nas máquinas de grandes fabricantes, ou seja, vão lançar um SO beta, mas para acordo financeiro vão dizer que é oficial.

    Me poupe dona Google!

  6. Alôoooooo!!!

    Gente, existem meios de navegar pela internet sem ser detectado. O próprio navegador do Google, o Chrome possui esta funcionalidade.

  7. Para Kadu.
    Muita gente pensa que existe mas não, mesmo no modo in private muitas informações são cletadas, sem contar as que são bloqueadas pelo cookie estar desabilitado

Comente!