Google Mobile App utiliza APIs privadas do iPhone

Segundo o CrunchGear, foi descoberto um truque não-documentado no interior do Google Mobile App que usa um método de acesso ao sensor de proximidade do iPhone. Em situações padrões, o sensor de proximidade do iPhone sabe quando você encosta seu rosto no aparelho, desligando temporariamente a sensitividade da tela.

O Google, no entanto, utiliza uma ligação secreta denominada proximityStateChanged que monitora o status do sensor de proximidade e sua ativação. Isto significa que aplicação pode obter informações do movimento para o ouvido e, depois ativar entrada de dados.


Por que isso é importante?

Para John Biggs, editor do blog, ao não documentar essas informações o Google estaria violando os termos de uso. Seria esta a razão pela qual o Google Mobile App teria tido seu lançamento atrasado? Teria a Apple aprovado a aplicação sem o conhecimento da utilização desta API privada?

Até o momento, nenhuma das empresas respondeu em oficial.

5 comments
  1. Tenho uma geladeira, na porta desta geladeira tem um suporte para latinhas, mas eu só posso usar-lo para as latinhas de cerveja da empresa “parceira” da fabricante da geladeira.

    Parece estranho? Pois é, é o que todos os usuários que compram um iPhone aceitam. Tenho o recurso, ele esta na minha mão, eu paguei por ele mas não posso usar. Lastimável…

  2. O lance das latinhas foi uma boa sacada …

    Agora a Apple faz uma coisa que nenhuma outra empresa faz: Design absurdamente sensacional!

    Pode ser que babemos mesmo da Apple. Mas como a vida é baseada em aparências essa mesma vai valer mais do que recursos…..

You May Also Like