Aplicativos para as eleições ganham destaque na internet

Se pudéssemos classificar uma tecnologia como destaque em 2008, definitivamente as aplicações sociais seriam a escolha mais correta. Estas aplicações, que podem estar dentro ou fora da internet, permitem agrupar dados provenientes de diversas plataformas e mesclar informações como jamais presenciamos.

Atualmente, as empresas e profissionais web dedicados ao desenvolvimento de aplicações para clientes como empresas de mídia e campanhas políticas estão sob forte demanda. São praticamente inúmeras as startups que permitem as pessoas votarem, desenvolver mashups, agregar informações, e ajudar a encontrar notícias e manchetes.


No caso de media outlets é muito comum encontrar atualmente verdadeiras “árvores de natal” com diversos apetrechos: desde relógios com contagem regressiva, player de vídeos, manchetes com destaques para fontes em toda a web, e o mais famoso de todos, um mapa de projeção eleitoral clicável.

Mas as aplicações eleitorais não ficam apenas retidas aos sites da web. Você pode encontrá-las também para iPhones e iPod Touch (ex: The iPhone Election Application), nas plataformas do FacebookOpenSocial, e formato widgets para iGoogle.

Além de permitir um melhor acompanhamento dos fatos, os usuários podem também fazer pesquisas por informações relacionadas, o que contribui positivamente para que o usuário tenha sua opinião sem qualquer interferência.

Comente!