Novo Google Chrome revela suporte a Greasemonkey

Como publicado recentemente, o Google Chrome deve ganhar em suas próximas versões suporte a plugins e scritps de Greasemonkey, que fornecem personalização e funcionalidades adicionais ao navegador.

Neste momento, o suporte é limitado e nada didático (nas recentes versões voltadas a desenvolvedores) . Somente scripts localizados em c:\scripts podem ser carregados e com a adição do parâmetro –enable-greasemonkey anexado ao atalho do programa.


Exemplo:
C:\scrips\discovery.exe --enable-greasemonkey

Outro problema está na falta de uma opção que limita em qual domínio o script deve funcionar, ocasionando problemas em sites onde o script não esteja programado para ser executado.

3 Replies to “Novo Google Chrome revela suporte a Greasemonkey

  1. Eu já baixei e experimentei o Google Chrome, achei o carregamento das páginas muito rápido, principalmente quando se tratava de aplicativos web da google (gmail, orkut, google reader, analytics, etc…), porém, ainda prefiro o Firefox. Não largo ele por nada.

  2. Eu uso o Chrome principalmente para usar o orkut, pois o carregamento no Firefox de aplicativos como o Buddy poke é muuito lento. Por isso que o Greasemonkey no Chrome é uma ótima idéia, deixará a navegação no orkut perfeita.

Comente!