Google explica “Kill Switch” do Android Market

A descoberta de uma funcionalidade Kill Switch na nova loja do Android Market causou ontem um alvoroço de comentários e opiniões pela blogosfera americana. Diferente do Kill switch para carros (como descreve a Wikipédia: “dispositivo de segurança destinado a desligar um veículo caso seu piloto ou motorista, por algum motivo, seja jogado para fora dele”), esta função permite ao Google desligar por “controle remoto” qualquer aplicação no Google Android. Embora inicialmente intrigante, o iPhone também possui uma função bem semelhante, adicionada pela Apple alguns meses atrás.


Segundo o Google, o “Android Market foi concebido de modo a permitir que os desenvolvedores possam tornar suas aplicações facilmente disponíveis para os usuários. Enquanto encorajamos a comunidade neste aspecto, também somos muito cuidadosos com a segurança do usuário. Em casos limitados que possa ocorrer a presença de alguma aplicação com intenção maliciosa, vamos retirá-lo do mercado e, potencialmente desinstalá-lo dos dispositivos para garantir a segurança da comunidade Android Market.”

3 Replies to “Google explica “Kill Switch” do Android Market

  1. Tomara que isso não seja usado como desculpa para remover aplicativos concorrentes, como a Apple vem fazendo…

    []’s
    Compulsivo

  2. Não tem jeito, com o sem boa intenção deixar um recurso que possa fazer isso vai contra qualquer direito a pessoa tem de utilizar um aparelho que comprou com o proprio dinheiro.
    Temos esse direito.

  3. Seu Sagaz,

    Em caso de aplicações pagas, o Google provavelmente irá creditar o valor em sua conta do Android Market. Possibilitando que você possa comprar outras aplicações. :)

Comente!