Steve Ballmer revela sua visão sobre Google, Apple e Yahoo! [Tech-Ed Brasil]

16
43

Em entrevista a Folha de São Paulo, Steve Ballmer, CEO da Microsoft, revelou que costuma testar os produtos e serviços criados pelas empresas Google e Apple, mas descarta utilizá-los em seu dia-a-dia.

“Eu testo esses produtos, mas não uso em meu dia-a-dia. Mais importante, meus filhos não usam. Eles são bons garotos.”, disse Ballmer ontem ao abrir o evento Tech-Ed Brasil, em São Paulo, criado pela Microsoft com foco nos desenvolvedores de software.


Google Docs, Gmail e Google Search

Questionado sobre o Google Docs, o processador de textos criado pelo Google, Ballmer afirmou: “Eles têm um processador de textos muito inferior, um produto de planilhas muito inferior, seu sistema de correio eletrônico – ok, não é ruim – seu mensageiro Gtalk não é competitivo em recursos e não tem mercado. Eles têm um ótimo serviço de buscas (e eu não deveria dizer isso).”.

Sobre a posição da Microsoft em querer fortalecer sua marca no segmento das aplicações online para competir com o Google, Ballmer ignorou a questão e disse que era melhor perguntar como o “Google pretende competir com a Microsoft”.

Google Chrome

Em relação ao Google Chrome, o navegador do Google lançado recentemente, Ballmer aproveitou para disparar críticas e mais críticas: “o Chrome é um navegador muito medíocre. É grande, demora muito para baixar. Ele tem alguns atributos interessantes, mas falta a ele muitos outros que estão no Explorer 8. Temos grandes atributos para privacidade e o Google não tem o foco na privacidade. Nós não dependemos da coleta de informações sobre os consumidores para fazer dinheiro.”.

Yahoo!

Mesmo com a queda no valor das ações do Yahoo!, Ballmer negou retomar qualquer processo de compra do Yahoo!. “Não existe uma possibilidade de acordo agora. Nós tivemos uma conversa séria, colocamos um preço significativo na mesa, não fez sentido para o Yahoo! e respeitamos isso. O que descobrimos no processo é que, mesmo se não fizermos uma aquisição, pode fazer sentido uma parceria em buscas. Nós discutimos isso mesmo depois de a proposta de aquisição não dar resultado. Eles escolheram não aceitar. Mas vamos ver agora, com o processo regulatório, se o acordo do Yahoo! com o Google não for para frente, talvez faça sentido retomar as discussões.”

“A compra era tática. O Yahoo! não tem uma posição vencedora em busca e nós não temos também. A compra do Yahoo! era um meio de conseguir massa crítica. Assim como nas páginas amarelas, os anúncios na busca são parte do conteúdo, e porque o Google tem mais anunciantes do que nós e o Yahoo!, tem mais anúncios relevantes. Comprando o Yahoo!, teríamos massa crítica para ter anúncios tão relevantes quanto o Google.”, afirmou o executivo da Microsoft.

Via: InvestNews

COMPARTILHAR
Artigo anteriorDescubra como funciona o YouTube no Google Android
Próximo artigoOrkut exibe recados em formato de conversação
é pós-graduado em Gestão da Comunicação em Mídias Digitais pela ESPM. Fundador da FragaNet Networks, empresa especializada em comunicação digital , cujo o portfólio estão projetos como: Google Discovery, Arquivo UFO e Muito Curioso. Foi colunista de tecnologia no TechTudo, da Globo.com.

16 COMENTÁRIOS

  1. “Sobre a posição da Microsoft em querer fortalecer sua marca no seguimento das aplicações online para competir com o Google…”

    SEGMENTO colega, SEGMENTO…

  2. Estranho. Ontem no jornal da globo ele assumiu que Microsoft era o “Davi” em relação ao “Golias” google. Me parece uma posição contrária ao “Eles que tem que competir com a gente”.

    Fora essa do chrome demorar pra baixar.. wtf?

  3. odeio a M$ por isso, não conseguem admitir q são uma porcaria :D

    a claro o MSN é outra porcaria, uso o msn aki na empresa pelo Pidgin no Ubuntu demora d para o cara receber a mensagem, porém o cara está do meu lado quando
    usava o Windows 2000 na mesma máquina demorava até 15 minutos, isso mesmo 15 minutos para o cara do meu lado receber ou até mesmo a mensagem ir para algum lugar obscuro do MSN, ao contrário no GTalk q acho muito superior era instanteneo, sem comparação o MSN é pesado e vc não tem garantia q o outro lado está recebendo a mensagem

    Linux 4Ever

  4. O Chrome demora muito para baixar? Pera aí, deixa ver, não tem nem 9MB… E o Internet Explorer 8 Beta 2? Ops, tem 16MB!! Comparar um produto online (Google Docs) com uma solução de Office local é sacanagem… O Gmail “não é ruim”? hehehehe sem comentários

    O GTalk não tem recursos, ok, mas para que serve um software de IM, é para mandar mensagens instantâneas, não é para fazer desenho animado, como no MSN…

  5. […] [IMG ballmer_google Steve Ballmer revela sua visão sobre Google, Apple e Yahoo! [Tech-Ed Brasil]]Em entrevista a Folha de São Paulo, Steve Ballmer, CEO da Microsoft, revelou que costuma testar os produtos e serviços criados pelas empresas Google e Apple, mas descarta utiliza-los em seu dia-a-dia. “Eu testo esses produtos, mas não uso em meu dia-a-dia. Mais importante, meus filhos não usam. Eles são bons garotos” disse Ballmer ontem ao abrir o evento Tech-Ed Brasil, em São Paulo, criado pela M fonte : http://googlediscovery.com/2008/10/15/steve-ballmer-revela-sua-visao-sobre-google-e-apple-tech-ed-br… […]

  6. Balmer está correto em praticamente toda sua linha de raciocínio. Pessoal analisa muito em função do fanatismo.

    Buscador e Gmail a parte, que são disparadamente as melhores e absolutas ferramentas do Google, alguém usa efetivamente o GTalk? Prefere ele ao MSN? Faz tudo o que se faz no com o Docs? Alguém acredita que o Chrome não serve (também) para monitorar seu perfil de navegação, ou se sente tranquilo em relação a privacidade de seus dados nos servidores ultra-mega-hiper escondidos do Google?

    Os que vangloriam o Google HOJE estarão criando os anti-Google de AMANHÃ.

    • Eu uso efetivamento o GTalk,nem tenho Windows Live Messenger,Eu só uso o Docs(que aliás é até bom,e de graça diferente o Office) e no Chrome a Google tem uma ética muito boa,então me sinto seguro.

      Eduardo:Admirador da Micro$oft.

  7. @Eduardo

    Sim, uso GTalk todos os dias porque, como já disseram, é um Instant Messenger e o faz de maneira impecável. Não preciso de lixo da Redmond para me comunicar por Jabber.

    Acredito que algumas pessoas ainda não estão acostumadas com a linha de pensamento “Keep it simple” do Google. Preferem elefantes brancos como Windows Vista ou então páginas altamente carregadas com lixo visual como as da Microsoft.

  8. @Eduardo:
    Não se faz tudo com o Google Docs, é claro, é impossível comparar uma aplicação online Ajax com uma aplicação nativa, o Office é muito mais completo. A questão está, como o Thiago disse, na filosofia “keep it simple”. Por motivos de trabalho, utilizo o Office diariamente, principalmente o Outlook e o Word. Mas para os documentos que faço, poderia utilizar perfeitamente o Google Docs. Claro que a privacidade é um ponto crucial nesta questão,mas

    quem é que garante que a Microsoft não analisa os padrões de utilização do MSN e do Hotmail para proveito próprio? :-)

    E para quem é mesmo paranóico, já há builds alternativas do Chrome em que o id do browser não é enviado para a Google.

  9. Se alguém é assim tão paranóico com privacidade, não deveria sequer usar a internet, ou nem mesmo caixa eletrônico, telefone, ou cartões.
    Uso o google docs pois edito meus textos e planihas sem necessidade de sequer fazer o download do arquivo para a máquina, o que é prático para a correria do dia-a-dia. Uso o talk pois ele é direto, e integrado com o gmail. Ainda sonho com o futuro em que não será necessário algum dispositivo de armazenamento em massa nos computadores, pois tudo, desde uma suíte office até mesmo o OS será acessível remotamente, sem necessidade de instalação de programas, backup, pen drive, floppy 5 1/4 ou qualquer mídia que seja.

    Privacidade garantida total e absoluta, só na idéia que você sequer colocou no papel.

Comente!