Crise americana faz site social morrer


Muitos leitores provavelmente nunca ouviram falar do www.uber.com, mas hoje, dia 29 de setembro, o site social que ganhou a oportunidade de se transformar numa plataforma de publicação, vai fechar suas portas.

Embora tivesse em seu leme grandes empreendedores como CEOs da rede social Friendster e da emissora de televisão NBS, a empresa não agüentou os efeitos da crise americana e perdeu seus maiores investidores.


Além da famosa bolha, que estourou em meados de 2000, a crise americana volta novamente a colocar as empresas de internet na parede, afetando suas estruturas e investimentos. Será a uber a última a morrer? Com certeza não.

One Reply to “Crise americana faz site social morrer

Comente!