Google declara ser contra iniciativa constitucional que visa impedir casamentos gays

Sergey Brin, co-fundador do Google, declarou hoje através do blog oficial da empresa, que embora a companhia não tome geralmente uma posição sobre questões sociais, a questão Proposition 8, uma iniciativa constitucional contra casamentos gays na Califórnia, está no caminho errado dos princípios fundamentais da igualdade entre as pessoas.

Segundo Brin, o Google é formado por uma grande diversidade de pessoas e opiniões, desde “republicanos e democratas, conservadores e liberais, religiosos e ateus, heterossexuais e homossexuais” – o que fez a empresa a tomar uma posição pública e oficial sobre o fato.


Enquanto nós respeitamos vivamente as crenças que as pessoas têm de ambos os lados do argumento, nós vemos isso como uma questão fundamental da igualdade. Esperamos que os eleitores da Califórnia não votem a favor da Proposição 8 – não devemos eliminar os direitos fundamentais das pessoas, independentemente de sua sexualidade, para casar com a pessoa que amam” finalizou Brin.

3 Replies to “Google declara ser contra iniciativa constitucional que visa impedir casamentos gays

  1. Hum! E os co-fundadores do Google não parecem gays? O fundador do Orkut não é gay? Por isso que é roxinho…

    Pra mim, isso aqui é coisa de gays: No link “http://www.google.com.br/tenthbirthday/#1995-when-larry-met-sergey” temos: LARRY E SERGEY, FEITOS UM PARA O OUTRO.

    Sem ser preconceituoso, mas achei muito esquisito.

  2. É por isso que gosto da Google! Uma empresa que não tem medo de falar sobre assuntos polêmicos que podem muito bem prejudicar a corporação, pelo fato da ignorância da sociedade não aceitar esse tipo de opção sexual.

    A Google é muito mais que uma empresa, eles tem conceitos, eles tem ideais!

Comente!