Ex-espião diz que Google colaborou com a CIA

3
57

Segundo informações da Folha Online, David Steele, ex-espião da CIA, disse na conferência hacker “The Last Hope” que a empresa Google teria trabalhado em conjunto com o serviço de inteligência dos EUA.

Sobre o episódio de 2006, quando o Google se recusou a fornecer registros ao Departamento de Justiça dos EUA, Steele afirmou que a empresa era “hipócrita e enganadora” ao fazer uma “encenação” de recusa de informações ao Departamento de Justiça, pois a empresa “recebia” dinheiro e ordens da inteligência norte-americana.


Ao ter seu discurso contrariado em plena conferência, Steele completou dizendo que Google aceita dinheiro e ordens do Dr. Rick Steinheiser, um funcionário do Escritório de Pesquisa e Desenvolvimento da CIA.

Segundo o ex-espião, esse trabalho tinha como foco os terroristas estrangeiros mas apenas apresentou “dados imprestáveis”. No fim, ainda criticou o Google por trabalhar com CIA, uma agência que “não consegue manter segredo e está apta a gastar tempo e dinheiro e não produzir nada”.

3 COMENTÁRIOS

  1. Engraçado que esses dias mesmo estava conversando sobre isso, nenhuma empresa tem poder para resistir à pressão do governo, principalmente o norte americano. Inevitável…

    De qualquer forma, é um bom motivo para mantermos os olhos bem abertos. Eles têm condições de fornecer estatísticas do mercado internacional e numa eventual guerra poder para informar seu governo e desinformar os demais.

Comente!