“Google nega planos de vídeos ao vivo no YouTube” diz blog americano

Segundo informações da Valleywag, uma fonte anonima dentro do Google negou hoje que o maior portal de vídeos da internet possa implementar uma funcionalidade de vídeos ao vivo até o final do ano.

“Os executivos do YouTube estimam que se apenas 10% dos usuários do serviço utilizarem a tecnologia de vídeos ao vivo, a empresa teria aumentar de 20% a 25% sua infra-estrutura atual” disse a fonte.


A Valleywag complementa que apesar do problema estar ligado diretamente a popularidade do serviço, a empresa no momento ainda não encontrou uma forma eficaz de rentabilizar o serviço, o que poderia adicionar mais custos ao Google.

2 Replies to ““Google nega planos de vídeos ao vivo no YouTube” diz blog americano

  1. “[…]negou hoje que o maior portal de vídeos da internet possa implementar uma funcionalidade de vídeos online até o final do ano.[…]”

    Seria:
    “[…]negou hoje que o maior portal de vídeos da internet possa implementar uma funcionalidade de vídeos ao vivo até o final do ano.[…]”

    Até pq videos online jah tem! ;D

    Abraço.

Comente!