Google defende Lively de salas pornográficas

2
27

Segundo informações da CNET, a empresa Google começou a combater as salas pornográficas que surgiram recentemente no novo produto Lively.

Com um funcionamento um pouco diferente do Second Life, o Lively permite que usuários adicionem vídeos no interior das salas para exibição aos participantes do mundo 3D.


“Recebemos reclamações sobre salas com conteúdo voltado a sexo, e nós levamos a sério essas denúncias”, afirmou o Google na lista de discussão do produto. “Nossa comunidade possui normas que proíbem imagens de conteúdo sexual explícito e salas destinadas à atividade sexual, mesmo que virtual. Assim que tivemos conhecimento deste conteúdo, que violam os Termos de Uso do Serviço, trabalhamos para removê-las.”

Segundo o Google, os usuários que violarem os termos de uso podem ser banidos e conseqüentemente suas contas desativadas.

2 COMENTÁRIOS

  1. {seesmic_video:{“url_thumbnail”:{“value”:”“}”title”:{“value”:” “}”videoUri”:{“value”:”http://www.seesmic.com/video/C7jFoRagwO”}}}

Comente!