Google China poderá lançar serviço gratuito de músicas

Google Music China logoA competição em torno da conquista do mercado de Internet na China tem sido muito difícil para os grandes buscadores ocidentais. E não era de se esperar nada diferente, a se julgar que se trata do maior mercado potencial do mundo e que cresce de forma exponencial.

O maior problema, no entanto, é que as regras lá na China são bastante diferentes do resto do mundo. Primeiramente, a severa censura chinesa, que tanto incomoda os ocidentais, mas que, infelizmente, não parece incomodar tanto os chineses, atrasou por demais o crescimento dos ocidentais, dando muitos corpos de vantagem para a Baidu. Em segundo lugar, a Baidu não parece se incomodar em jogar na China com as mesmas regras que os grandes buscadores fazem nos demais países do mundo. Isso se reflete muito claramente no mercado de músicas online. Ela atrai cerca de 7% de seu tráfego em buscas e downloads de músicas copiadas sem pagamento de direitos autorais e isto acaba por refletir muito fortemente em suas receitas em detrimento, principalmente de Google e Yahoo! e, em menor escala, de Microsoft.

Agora, surgem indícios de que a Google vai reagir a isto, ofertando downloads de músicas gratuitamente, mas com direitos autorais, mediante acordo com grandes gravadoras mundiais. Segundo o The Wall Street Journal, parece que a Google poderia estar fazendo acordos de divisão de receitas publicitária com Vivendi Universal, EMI, Sony BMG, Bertelsman e Warner Music, para distribuição gratuita de músicas na China. Se isto acontecer, a Google começará a disputar fortemente com a Baidu, podendo ganhar terreno.

Se considerarmos que a Baidu, no final de 2007, era a lider do mercado com 60,1% e a Google, vinha logo em seguida com 25,9%, segundo o TWSJ, com certeza o caminho da Google será longo e difícil.

No entanto, o mercado chinês está em constante mutação, porque em crescimento constante. Além do mais, devemos considerar que a chegada legal do iPhone no próximo dia 12/07/2008 e a futura chegada dos telefones móveis com tecnologia Android poderão mudar totalmente a guerra em favor da Google, porque darão a ela duas plataformas móveis de grande relevância, para as quais está muito mais preparada que a Baidu, e que deverão verdadeiramente invadir a China, um pais ainda relativamente pouco conectado por meio de computadores pessoais, onde, portanto, os smartphones terão uma importância muito grande no mercado de buscas.

Enquanto isto, vejamos se a história do Google Music é verdadeira. Caso se torne realidade na China, poderá se tornar modelo também em outros países. Brasil, por exemplo.

Fontes e imagem::
The Wall Street Journal
Google Blogoscoped


Comente!