Relações Públicas do Google

9
735

Andreas Gohr, desenvolvedor alemão do add-on gBrain extension para Firefox, foi notificado recentemente pela empresa Google para que descontinuasse sua criação.

Segundo Gohr, uma notificação do departamento legal da empresa na Alemanha solicitou seu contato para que um advogado do Google pudesse entrar em contato. “Ele era muito amigável e explicou que ele estava seguindo uma orientação do pessoal de Mountain View, e pediu que o add-on fosse removido do ar”.


Gohr, que concordou em cancelar o add-on gBrain extension, pediu, por curiosidade, algumas explicações sobre o acontecimento. “Perguntei a ele qual era o problema como o add-on, mas ele não tinha esta informação. Mas ofereceu a possibilidade de contato direto com um engenheiro do Google”.

“Eu realmente não esperava. Recebi no outro dia uma ligação de Jeffrey Korn, funcionário do Google na Califórnia. Ele explicou que foi o responsável por desenvolver o Google Bookmarks e a ferramentas do Google Web History. O problema com o meu add-on era algo que eu não imaginava: um problema de escalonamento. Hehe, Google têm problema de escalonamento” comenta Gohr.

“O add-on gBrain extension criava um monte de favoritos. Milhares por mês. E o sistema do Google Bookmarks não havia sido construído para suportar esse volume de informação. Outro problema, dito pelo Googler, é a integração com do Google Bookmarks com o Google Search. Quando você usa o sistema de buscas web, é feito uma verificação automática no Google Bookmarks. Imagine se você tiver mais de 100 mil favoritos, o volume de processamento necessário para isso” explicou Gohr.

“Jeffery fez algumas sugestões de como o add-on poderia funcionar, trocando o sistema do Bookmarks para o serviço de Web History do Google, evitando desta forma os problemas de escalonamento”.

Presente Surpresa

Como forma de agradecer a colaboração do desenvolvedor alemão, a empresa Google enviou, de surpresa, uma camisa de presente e uma carta em agradecimento. Imagem, abaixo:

COMPARTILHAR
Artigo anteriorQuem ficará com a Yandex?
Próximo artigoGoogle quer distribuir desenho animado via AdSense
é pós-graduado em Gestão da Comunicação em Mídias Digitais pela ESPM. Fundador da FragaNet Networks, empresa especializada em comunicação digital , cujo o portfólio estão projetos como: Google Discovery, Arquivo UFO e Muito Curioso. Foi colunista de tecnologia no TechTudo, da Globo.com.

9 COMENTÁRIOS

  1. Wow! Por essa eu não esperava… Pra mim os servidores do Google agüentariam tudo que fosse tráfego para sempre. =P

    Sobre a notícia, é, as empresas deveriam tomar nota. Exemplos legais assim só vi com o Guaraná Antarctica, mas isso é assunto para outro blog. =P

  2. Pelo visto o pessoal do Google é bem atencioso.
    Já vi vários outros acontecimentos onde a empresa que é prejudicada por algum programa feito por uma pessoa qualquer, entrar com ações sem ao menos contatar o fabricante. Absurdo mesmo.

    Mas o que não sei, é sobre o que se tratava esse add-on gBrain.

  3. Este acontecimenteo deixa claro uma política do Google quanto ao desenvolvimento de seus produtos:

    Se um produto faz sucesso e começa a ser utilizado em larga escala, ganha atenção especial, escalonamento, e bla bla bla..

    se não, deixa como está.

  4. Interessante o relacionamento entre o Google e seus usuários. Seria muito bom se outras empresas fizessem o mesmo.

    Também é muito bom receber uma camiseta de presente e uma carta de agradecimento, se bem que poderiam enviar um brinde melhor, não? :)

Comente!