Doodle: Centenário da Imigração Japonesa no Brasil [atualizado]

Google está celebrando hoje o Centenário da Imigração Japonesa no Brasil com um doodle especial.


“No dia 18/06/1908, há exatamente 100 anos, chegava ao Brasil, através do Porto de Santos, o navio Kasato Maru com as primeiras 165 famílias japonesas que vislumbraram o sonho de uma vida melhor”. Fonte

Doodle errado?

Segundo o leitor Fernando Lima, o Google errou ao representar o caminho que o navio japonês teria feito para chegar ao Brasil. “O navio Kassato Maru atravessou o Oceano Índico até atingir o sul do continente africano, cortando o Oceano Atlântico até atracar no porto de Santos” comenta.

No doodle, o Google demonstra de forma simbólica que o caminho teria sido feito através do Oceano Pacífico até o extremo da América Latina, além de um contorno pelo litoral do continente até o Porto de Santos.

8 Replies to “Doodle: Centenário da Imigração Japonesa no Brasil [atualizado]

  1. Os Google’s Doodle são sempre muito bem bolados, esse não foi diferente. Parabéns a toda a colônia, afinal nossos japoneses são melhores que os outros. =D (Péssima piada, eu sei)

  2. Google comete erro histórico

    Um verdadeiro erro histórico no doodle (logo) da Google em comemoração ao centenário da imigração japonesa. A arte criada pela equipe da Google sugere a trajetória do barco Kassato-Maru ao Brasil.

    Vamos aos fatos: o Kassato-Maru conduzia 792 pioneiros da imigração japonesa ao Brasil em 28 de abril de 1908, partindo de Kobe. O Kassato-maru atravessou o Oceano Índico e atingiu o sul do continente africano e dali prosseguiu sua viagem gloriosa, cortando o imenso Oceano Atlântico, para ir atracar no porto de Santos.

    Ou seja: A Google errou o trajeto mostrado no doodle, pelo oceano pacifico.

  3. No doodle, o Google demonstra de forma simbólica que o caminho teria sido feito através do Oceano Pacífico até o extremo da América Latina
    Simbolicamente ERRADA. A equipe do Google não usa a SUA ferramenta de busca antes de preparar algo que necessita de uma pesquisa histórica séria não? Agora, se os resultados na web não são confiáveis, consultem uma bibliografia de autenticidade reconhecida, oras. A pesquisa tradicional não perdeu seu valor, senhores funcionários do Google.

  4. Mas se eles fizessem o Doodle da forma correta não ia ter como Substituir as letras “O” e “L” pela bandeirinhas

  5. Realmente a Bandeira do Brasil não lembra um “L”. Concordo que a idéia de fazer nessa posição foi para substituir as letras. Mas elas não estão ali pelo formato, e sim de acordo com as cores.

    A cor principal da bandeira japonesa é o vermelho (presente no círculo). A cor do “O” que deveria estar ali.
    A cor principal da bandeira brasileira é o verde (presente no fundo). Mesma cor do “L” que deveria estar ali.

Comente!