Google surpreende mercado … positivamente.

Google logoDesde o início da crise imobiliária, iniciada no quarto trimestre de 2007, a Google vem passando por uma queda enorme na cotação de suas ações. Não chegou a ter prejuízos operacionais, mas os resultados de dezembro de 2007 foram aquém do esperado pelos investidores. Todos falavam que a empresa estava madura, que o crescimento das taxa de participação no mercado de buscas e também no de publicidade na Web estava se estabilizando, com tendências até a cair, que a a crise econômica atingiria em cheio a empresa etc. Nos últimos dias, a Comscore publicou um relatório, dizendo da redução dos cliques pagos, que decepcionou o mercado. Neste caso, houve quem afirmasse que tudo não passava de uma nova forma de faturamento, que reduziria a quantidade de links, mas aumentaria a receita por cada clique realizado.

O resultado de tudo isso é que em 06/11/2007, as ações da empresa eram cotadas a USD$ 747,24 e em 10/03/2008 chegaram a ser cotadas a USD$ 412,11, uma queda de 44,85% em 4 meses. Ontem, as ações fecharam em USD$ 449,54.


Logo depois do fechamento dos mercados, os resultados do primeiro trimestre de 2008 foram apresentados, com um lucro de USD$ 1,310 bilhão, contra um lucro de USD$ 1 bilhão no primeiro trimestre de 2007. Os investidores fizeram a festa, e as ações foram às alturas no pós-fechamento. Chegaram a subir USD$ 83 por ação antes da abertura das bolsas americanas. Prevejo que nos próximos três meses poderão voltar a atingir a cotação na casa dos USD$ 700, isto se a crise econômica americana não se recrudescer. A possibilidade de agravamento da crise é real, mas os principais presidentes de bancos dos EUA estão dizendo que o pior já passou. Afinal, até agora não houve séria contaminação da Europa e os países emergentes (Brasil incluso) sofreram perdas apenas de investimentos estrangeiros, porque estão com suas economias estabilizadas e isto está ajudando a manter a estabilidade da economia americana.

Outra notícia importante é que, pela primeira vez, as receitas fora dos EUA foram maiores as obtidas lá dentro (51%). Isto já era esperado e ajudou no crescimento do lucro da empresa.

Acredito que estes resultados possam levar a que, nos próximos dias, vejamos novos boatos sobre aquisições. Afinal, há muita gente nos EUA se perguntando as razões pelas quais a Google ainda não comprou o Skype e a Salesforce. Devem tomar força nestes dias também rumores sobre compras de empresas na China, onde a Google precisa crescer com muita rapidez. Além disso, pode ser que saia uma ligação entre Google e Yahoo! na área de links patrocinados.

Fonte: TechCrunch

One Reply to “Google surpreende mercado … positivamente.

  1. A Google deve ser a empresa mais difícil dos analistas financeiros entenderem. Provavelmente é a que mais gasta com funcionários [ou investe, depende do ponto-de-vista] e a que mais oferece produtos gratuitos. Algo totalmente novo para o capitalismo.

    Ótima notícia para os usuários assustados com a política totalmente ao contrário da Microsoft.

Comente!