Microsoft responde ao Google sobre aquisição do Yahoo!

Brad Smith, do Conselho Geral da Microsoft, respondeu ao Google sobre a aquisição do Yahoo! pela Microsoft e destacou dominância do Google em pesquisas e publicidade:

A combinação da Microsoft e Yahoo! irá criar uma maior competitividade com a criação de um concorrente dois no mercado de buscas e publicidade online. Os cenários alternativos irão apenas conduzir a uma menor concorrência na Internet.


Hoje, o Google é o motor de pesquisa e publicidade dominante empresa na web. Google tem acumulado cerca de 75% das receitas de pesquisas pagas mundiais e continua a crescer. Segundo os relatórios publicados, o Google tem atualmente mais de 65% de quota nos EUA e mais 85% na Europa. Microsoft e Yahoo!, por outro lado, tem cerca de 30%(juntos) e aproximadamente 10% na Europa.

A Microsoft está empenhada na abertura, na inovação, bem como a proteção da privacidade na Internet. Nós acreditamos que a combinação de Microsoft e Yahoo! irá avançar nessas metas.

Apesar da tentativa de demonstrar os benefícios de uma fusão entre Yahoo! e Microsoft contra o suposto monopólio do Google em pesquisas e publicidade, Brad Smith, da Microsoft, esquece que a melhor forma de combater o crescimento deveria acontecer orgânicamente com melhores ferramentas e serviços.

Unir duas empresas é muito fácil, mas conquistar os usuários vai além disso.

1 comment
  1. Positivo, concordo com vc Renê. Uma é coisa é comprar pronto a outra é construir nos percalços do caminho. É isso que falo na minha palestra quando menciono a quantidade de críticos pejorativos que vejo nas minhas buscas pelo mundo real. Onde muitos só falam mal do Google, por que o google é burro, por que as pessoas são bobas ao se identificarem com o google, que o que o google faz os sites da área acadêmica fazem melhor com melhor conteúdo. Enfim fazem comparações díspares com o buscador, que humildemente vêm aumentando sua fatia de mercado de marketing e buscas, enquanto os que o criticam ficam nos seus palanques inertes, imóveis, deixando seus repositórios científicos criarem teia de aranha e se apropriando de idéias tão vazias quanto suas críticas, sem nem sequer tomar uma atitude de bsucar fazer melhor e mais, e dispor isso à sociedade.

You May Also Like