Google Android pode ser hackeado ao rodar em hardware real


Google informou recentemente que não pretende visualizar o Google Android em dispositivos móveis até o final do ano, mas uma coisa engraçada acontece quando você coloca o SDK completo em um emulador para uma plataforma – hackers loucos localizam seu dispositivo com objetivo de ataca-lo.

Aparentemente, o Google Android foi nativamente iniciado com base em uma Freescale-dev chamado de Armadillo 500 em novembro passado, mas as portas do software estavam realmente abertas quando um grupo chamado húngaro Eu.Edge descobriu basicamente que qualquer dispositivo com um chip ARMv5TE poderia executar coisas no bebê do Google.


Com base nesta informação, hackers em todo o mundo encontraram uma variedade de dispositivos Sharp executando Android: o SL-C760, C3000M, SL-C3000 série, e o SL-6000 foram todas confirmadas executando o sistema operacional.

Mais informação de como rodar o Android em dispositivos da Sharp:

Leia – Geral do Android hacks
Leia – Instruções para Sharp Zaurus SL-C760
Leia – Instruções para Sharp SL-C3000 série

Fonte: Engadget

Comente!