Direto de Wall Street: o gPhone poderá ser revelado nesta segunda-feira

1
21

HTC Touch - celular

O The Wall Street Journal, o mais respeitado jornal de economia e negócios do mundo, que acompanha de perto os movimentos das empresas cotadas nas bolsas de valores de Wall Street, publicou ontem que na próxima segunda-feira, dia 05/11/2007, a Google revelará os seus planos para a telefonia móvel, ou seja, para o tão esperado gPhone.


Em 30/10/2007, nós havíamos dito que o gPhone seria demonstrado entre os dias 12 e 23/11/2007.

Uma coisa é dada como certa: a Google lançará uma plataforma completa de software para telefones móveis, composta de um sistema operacional de código aberto, desenvolvido a partir do Linux, além de aplicativos de agenda, mapas, editor de textos, planilhas eletrônicas, apresentações, redes sociais, e-mail, fotos, filmes do YouTube, pesquisas na Internet, serviços de blogs e micro-blogs, grupos de discussão, compras etc.

Será que vai usar o navegador Firefox Mobile? Seria ótimo, vocês não acham?

Fica ainda a pergunta: e o telefone em si? Será lançado?

A expectativa quase unânime dos especialistas do mercado financeiro é de que será sim lançado. Entretanto, isto não quer dizer que o aparelho será vendido diretamente pela Google. Ao contrário, muito provavelmente, ele deverá ser vendido pelas operadoras de telefonia celular.

Quem serão os fornecedores de telefones?

Como já anunciamos aqui, a maioria acredita que a fornecedora principal será a HTC. Esta, diga-se, é tida como pule de dez neste jogo. Entretanto, fontes ouvidas pelo The Wall Street Journal disseram que a Samsung, a LG e a SonyEricsson também correm por fora, pelo direito de também fornecerem seus smartphones com a marca e as características do gPhone. Além do mais, ainda segundo o WSJ, outros fabricantes hoje não cogitados publicamente, poderão, na próxima semana, aparecer na lista.

De qualquer forma, nós do GoogleDiscovery acreditamos que um dos principais canditados ao posto de gPhone será o HTC Touch, que possui várias características do iPhone e é mais barato. Hoje, já encontramos este produto com a suite Microsoft e nada parece impedir que a suíte Google seja nela introduzida.

O WSJ disse também que as primeiras empresas de telefonia celular a aderir ao gPhone serão a Sprint/Nextel e a T-Mobile.

A InformationWeek afirmou que a Verizon deverá aderir, mas não nos primeiros dias.

É importante que se diga que o gPhone não é nem um conjunto de softwares e nem um aparelho telefônico, mas uma verdadeira plataforma de acesso à Web, que pressupõe a inexistência de fiação e que poderá até redundar na entrada da Google no próprio mercado de telefonia celular ou de fornecimento de banda larga de Internet, mais adiante.

Leia também: Google deverá anunciar a estratégia do gPhone em 15 dias.

1 COMENTÁRIO

  1. Olá amigos do Google.

    Realmente essa notícia é muito boa para mim , principalmente porque sou usuário do HTC Touch.

    Espero que a Google lance logo o produto e que a HTC disponibilize o phone.

    Um abraço,

    Jean Carlo.

Comente!