Google negocia acordo com o Facebook?


Sergey Brin é flagrado com investidor do Facebook

Sergey Brin foi visto jantando com um associado da Greylock – empresa responsável pelo investimento no Facebook. O encontro parecia ser importante e aconteceu horas antes de um importante evento do Google ontem.


Rumores de um possível acordo foi rapidamente dissolvido pelas pessoas que estavam junto ao fundador do Google, mas ainda sim é interessante ver que supostas negociações podem estar ocorrendo – mesmo não sendo totalmente verdadeiras.

Faz sentido a aquisição do Facebook pelo Google?

Um investimento de US$15 bilhões(mesmo para o Google) é uma enorme quantidade de dinheiro, mas se eles quiserem continuar encurralados no mercado de redes sociais na américa do norte e com o Orkut no Brasil, eles precisam gastar dinheiro. A questão é, as redes sociais são valiosas? De acordo com o número de usuários no Facebook (mais de 48 milhões de acordo com o Facebook) você poderá visualizar que o investimento de US$15 bilhões se transformam em US$312 doláres por usuário registrado.

Leia mais: Orkut: como enfrentar Facebook e MySpace?

Fonte: Garett Rogers – Googling Google

3 comments
  1. Dois erros:
    “eles precisa gastar dinheiro.”

    E a Google não tem $200 bilhões em dinheiro, ela vale $200 bilhões no mercado de ações.

  2. Eu acho USD$ 15 bilhões muito caro. Realmente, acho difícil remunerar com publicidade um valor tão elevado. Entretanto, a Google entraria de vez no mercado norte-americano de sites de relacionamento com o pé direito e, de quebra, tiraria a Microsoft do relacionamento publicitário, que agora possui com o Facebook, o que não é pouco. Por outro lado, vale lembrar que J. Battelle já disse que o pessoal do Facebook está desesperado por uma grande injeção de dinheiro, porque, sem ela, corre o risco de não conseguir manter sua operação. Se isto for verdade, eles possuem duas opções: partirem para uma parceria com Google, Microsoft ou Yahoo!, ou abrirem o capital na Nasdaq. Tem muita gente apostando na abertura do capital, mas nem Google, nem Microsoft parecem ter desistido de comprar o site de relacionamentos antes da IPO.

You May Also Like