NYT não confirma Google Phone, mas aponta uma alternativa ao Windows Mobile

Diferente dos recentes rumores do Google Phone, o jornal The New York Times afirmou que poderá não existir um Google Phone. Segundo o jornal, o Google criou protótipos apenas para demonstração, mas seu objetivo não é construir um concorrente para o iPhone, mas um software rival ao Windows Mobile.

Google quer estar em todo lugar para poder alavancar o potencial dos anúncios para telefones móveis. Miguel Helft, autor da reportagem do NYT reporta que o “Google não está criando um gadget rival ao iPhone, mas está criando um software alternativo ao Windows Mobile da Microsoft e outros sistemas operacionais, que são construidos especialmente para celulares pelos fabricantes. Ao contrário da Microsoft, o Google não deve cobrar pela licensa de uso do software”.


Ele também cita algumas fontes da indústria que apontam “a estratégia do Google em liderar a criação de um competidor de código-aberto ao Windows Mobile.” Isto faz sentido, desde que o Google tem sempre estado mais ao lado dos softwares que do hardware, mas não está muito claro como tudo isso irá se encaixar; especialmente quando o Google quer “desprender as operadoras de telefonia do controle de suas redes”, e ao mesmo tempo, precisa delas para vender um celular com Google software dentro.

Comente!