Superar o Google: Está na Tecnologia Semântica a resposta?

4
28

Um crescente número de empresários e investidores esperam que a próxima geração da internet seja focada mais na organização, simples de usar e que as pessoas possam encontrar informações mais facilmente.

A chamada Web Semântica será baseada na tecnologia de buscas e permitirá que as pessoas possam procurar por questões usando a linguagem do dia-a-dia. Desenvolvedores da próxima geração de mecanismos de buscas dizem que a tecnologia poderá “endender” a linguagem sem interrogações – muito mais precisamente que a tecnologia do Google.


Os novos sistemas de buscas irão analisar seus próprios bancos de dados através das informações coletadas pela internet e encontrar os melhores resultados. Respostas especificas poderão ser encontradas para termos como “Qual a melhor empresa de óleo do mundo?” ou diferenciar termos como “filmes feitos por mulheres,” e “filmes sobre mulheres.”

Este é o objetivo das startups de buscas semânticas que esperam encontrar um modo diferente de como as pessoas procuram por informações online. O maior desafio é superar o Google, líder no mercado de mecanismos de buscas ao criar um sofisticado sistema que processa mais da metade das buscas realizadas nos Estados Unidos.

A empresa hakia localizada em Nova Iorque lançou rentemente um sistema de buscas semântico, com positivos resultados ao procurar por especificas informações. A empresa também lançou um add-on para navegadores que permitem aos usuários encontrar documentos exatos que contém a resposta para os termos de buscas.

Sistemas de buscas como o Google criam resultados de buscas baseados em um ranking(PageRank) sem se preocupar com o conteúdo em cada página, diz Melek Pulatkonak, presidente e COO da hakia. Na hakia, “há muito mais análise sendo feita offline para extrair o significado de cada página indexada”.

A empresa também está construindo um “chat box” que permitirá aos usuários questionar os resultados por mensagem instantânea, a hakia acredita que deste modo estará mais perto do público jovem. hakia atualmente usa o sistema de anúncios da Ask.com, mas espera lançar sua própria ferramenta no próximo ano.

Outra empresa que está emergindo no novo segmento é a PowerSet, empresa criada em San Francisco embora ainda não tenha lançado seu sistema de buscas.

A empresa tem investidores como Esther Dyson e a Founders Fund, e está ganhando reputação ao contratar engenheiros do Google, e licenciou uma tecnologia com linguagem sofisticada da Xerox. Que ainda usa o computador para entender uma linguagem natural para encontrar uma resposta apropriada— um processo difícil.

Céticos dizem que a maioria das pessoas estão felizes ao procurar por uma informação ao utilizar na média 2 palaveras. “Geralmente, os usuários são extremamente preguiçosos” diz Jakob Nielsen, um consultor de usabilidade da Web. “Quanto menos trabalho eles tiverem, mais sucesso o sistema de buscas poderá ter.”

Fonte: RedHerring

COMPARTILHAR
Artigo anteriorWeb For Mobile: a próxima fronteira
Próximo artigoCriador do Yahoo! Pipes vai para o Google
é bacharel em administração de empresas e fundador da FragaNet Networks - empresa especializada em comunicação digital e mídias sociais. Em seu portfólio estão projetos como: Google Discovery, TechCult, AutoBlog e Arquivo UFO. Também foi colunista de tecnologia no TechTudo, da Globo.com.

4 COMENTÁRIOS

  1. Como de previsto……

    Ow…esse site/blog é mto bom….

    parabéns.

    pena que eu sou duro e nao posso contribuir financeiramente aqui , mas se precisarem de voluntarios para alguma tarefinha em especial….estamos na area…

  2. Cara, sinceramente acho essa história de Web Semântica muito furada.
    E tenho doutores em computação que concordam com isso. (da área de Recuperação de Informação, meio suspeitos pra falar =p hehehhe)

    Mas enfim, acho que querer tirar semântica das páginas Web é um trabalho duro demais pra um resultado que as máquinas de buscas tradicionais já fazem, ou o fazem muito aproximado.

    Sinceramente, eu acho que não tem como superar o Google com buscas semânticas não.
    Muito trabalho pra resultados “medianos”.

    Abraço!

  3. Oi galera,
    Descobri esse site hj por que tenho que colocar no artigo como as máquinas de busca fazem para recuperar informções.
    Bem sou adepta à Web Semântica, acho que não é uma idéia trivial, mas também não pode ser descartada só por causa da “dificuldade”, se o próprio Tim Berners Lee é a favor, por que não difundir e estudar essa nova tecnologia?

    Abraços,
    Danusa

Comente!