John Dvorak também acha que a Google quer a IPTV

0
63

Em 17 de junho, assinei um post aqui no Google Discovery com o título Joost, YouTube e Você: Tudo a Ver. Nele discorri os movimentos da Google em direção do vídeo online e vaticinei que era caminho natural da gigante de Mountain View a criação de um grande produtor de conteúdo de televisão por protocolo de Internet. Eu me baseava somente em análises econômicas.

Grande surpresa eu tive quando, ao abrir a Revista Info de agosto. Nela encontrei a coluna de John C. Dvorak, um dos mais respeitados especialistas em tecnologia dos EUA, com o título O Google e a TV Por IP. Neste artigo, o colunista afirma, em resumo que a Google está se unindo à provedora de telefonia Sprint, contra os interesses da AT&T e da Comcast, no sentido de gerar competição no fornecimento de banda larga e, de quebra, prover IPTV (a mesma tecnologia, na qual se assenta a Joost) a uma velocidade mínima de 30 Mbps, talvez por WiMAX.


Não seria apenas oferta de clips do YouTube, mas televisão de alta definição mesmo, que, com a tecnologia IP, tem potencial de fundir-se com o computador, com as buscas e com os outros serviços fornecidos pela Google e, também por outros buscadores como Microsoft e Yahoo!

Este é o futuro.

Eu tenho acompanhado a coluna do John Dvorak na Info por alguns anos e não me lembro de nenhuma previsão errada feita por ele. Será que esta será a primeira vez?

Comente!