Justiça requisita informações sobre usuário do Gmail

Os dados do usuário que utilizou conta de correio eletrônico da Google Brasil Internet Ltda para difamar terceiros deverá ser fornecido pela empresa. Esse é o entendimento da 9ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS), que confirmou antecipação de tutela concedida em 1º Grau.Segundo os autores da ação cautelar, uma mensagem anônima foi enviada para eles e outras pessoas denegrindo suas reputações perante a sociedade de Taquari. Para eles, a empresa deve prevenir e impedir o mau uso do serviço por meio de medidas que permitam conferir a veracidade das informações prestadas pelo usuário no momento do cadastro.

Leia mais sobre o processo no Última Instância.


Comente!