Microsoft negocia compra do Yahoo! por $50 bilhões

15
79


A Microsoft(valor de mercado $296 bilhões) está em negociando a compra do Yahoo!(valor de mercado $38 bilhões) por $50 bilhões é o que informa os jornais New York Post, Washington Post, e Financial Times citando fontes e pessoas próximas as empresas.

O Financial Times lembra que em 2006, o Yahoo! rejeitou qualquer oferta da Microsoft neste sentido. Mas neste momento, suas posições estratégicas podem ser alteradas devido ao grande crescimento do Google que está influênciando e invadindo ainda mais seus mercados.


Segundo o blog de John Battelle em abril, o mercado espera uma maior união entre o Yahoo e a Microsoft para conseguir combater o crescimento do Google em diversas áreas da tecnologia e publicidade.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorMicrosoft compra empresa de publicidade móvel
Próximo artigoSegredos para ganhar mais dinheiro no Google AdSense
é pós-graduado em Gestão da Comunicação em Mídias Digitais pela ESPM. Fundador da FragaNet Networks, empresa especializada em comunicação digital , cujo o portfólio estão projetos como: Google Discovery, Arquivo UFO e Muito Curioso. Foi colunista de tecnologia no TechTudo, da Globo.com.

15 COMENTÁRIOS

  1. *Teoria conspiratória mode on*

    A Microsoft participa do consórcio HD-DVD. Com a explosão do meme 09 F9 11… a Microsoft resolveu criar uma fato inusitado para acabar com as atenções para o 09 F9…

    *Teoria conspiratóira mode off*

  2. Eu ainda acho US$ 50 bilhões uma fortuna para ser destinado a compra de uma empresa “decadente”.
    Mesmo para a Microsoft, seria um esperdício tremendo (apesar do desespero anti-Google).

    Ou eles têm um super projeto de reestruturação do Yahoo! ou fazem parte da conspiração do HD-DVD citada…

  3. Tiago,

    Ainda se o Yahoo tivesse bem e concorrendo com o Google facilmente… mas o Yahoo não tem muito a ajudar e tem ficado para trás também.

    Pelo que parece o pessoal esqueceu do HD DVD Key… hehehe

  4. O John Battelle diz que isto é apenas um boato e que as duas empresas já conversaram mais nos últimos meses, mas que agora, esta relação esta meio fria. Ele costuma saber das coisas.
    De qualquer forma, esta união seria boa para todos: Microsoft, Yahoo!, Google, consumidores, publicitários etc.
    Seria boa para a Microsoft e para a Yahoo! porque daria a ambas maior musculatura na briga com a Google no mercado de buscas na Internet. É bom lembrarmos que estas são as únicas empresas com capital e conhecimento suficiente a impedir que a Google se torne um monopólio na área. E todos nós conhecemos monopólio e sabemos como ele é nefasto. Acredito que a própria Google deve se preocupar com isso, pois ela poderia ser dividida pelos órgãos de defesa da concorrência.
    Não haveria possibilidade de acusação de monopólio por parte da Microsoft, pois, neste mercado de buscas ela e a Yahoo!, mesmo juntas, ainda ficariam em segundo lugar.
    A Yahoo! se beneficiaria, pois está numa encruzilhada: é uma grande, moderna e criativa empresa de Internet, mas, se não crescer mais e mais rápido, pode ser engolida pela Google e perder valor muito rapidamente. Assim, provavelmente, terá que ser vendida à Microsoft, pois não poderá ser vendida à Google, sob pena de a venda ser barrada pelos órgãos de defesa da concorrência.
    Os consumidores, anunciantes e publicitários se beneficiariam com o aumento da musculatura da Microsoft/Yahoo! no mercado de buscas, o que manteria os preços baixos e a inovação em alta.
    Por final, ganharia a Google, pois acabariam todas os argumentos contra a compra da DoubleClic, já que a Microsoft estaria adquirindo também a Rigth Media, que é concorrente da DoubleClic e que foi comprada pela Yahoo!, além de estarem duas gigantes se juntando para enfrentar a líder.
    Mais que isso, a Google ficaria livre para poder competir pelo mercado chinês, que hoje é seu grande problema, talvez adquirindo a Baidu (se não houver qualquer proibição das leis de proteção da concorrência) ou a Sohu, ou ainda com a criação de serviços específicos para aquele mercado, como já faz hoje.
    Este mercado de buscas exige grandes somas de dinheiro e, portanto é para somente para os muito grandes. Assim, se a Microsoft se unir à Yahoo!, poderemos ver ainda uma ou outra união, envolvendo Ask, AOL, Amazon, eBay, AllTheWeb etc.
    Parece que o processo de consolidação está apenas começando.
    Abraços,
    Rômulo

  5. Bom,
    Porque a microsoft não compra o glubbe.com mecanismo opensource de busca, concerteza seria uma atitude um tanto racional visto que é uma empresa pequena mas com um grande potencial. Ao invés de pagar bilhões por um portal que oferece conteúdo mas não tem nenhuma mágica como yahoo. Bom talvez estejam pagando mais pela marca e a história do yahoo, mas eu ainda acredito que seria uma boa opção pra microsoft comprar empresas opensource e expandir a abranjencia dela em cima de startups e não em cima de gigantes consagradas. Vai do ponto de vista e analise dos diretores infelizmente Ballmer não esta sendo esperto com esta atitude.

    Abraço

  6. Acho que tentar comprar empresas open source é meio complicado. Nosso sentimento sentimento é de repugnância em relação a Microsoft e sua maneira de agir (não compete – compra o advers.).
    O Yahoo mesmo que em decadência ainda possui vários usuários e milhões de contas e serviços sendo utilizados. A sua aquisição pela Microsoft iria aumentar consideravelmente o número de usuários da Microsoft em relação a serviços WEB, o que talvez aproximasse ao Google.

  7. A Microsoft está buscando no Yahoo uma base estabelecida de clientes e uma ferramenta de busca para dados e informações. O grande triunfo desta fusão será o corpo técnico da Microsoft, ao invés de tentar competir com a onda de software livre, trabalhar em algoritmos que possam transformar essa crescente avalanche de informações e dados em conhecimento conciso. Desta forma, o Google será destronado.

  8. Gostaria de fazer algumas replicas do que li acima

    Sameone

    Na minha opinião, não faria sentido a microsoft comprar uma empresa opensource como o glubbe.com

    qual seria o sentido comercialmente falando? nenhum seria ridiculo, até porque queira ou não ela já tem o live search q é muito maior e absurdamente com maior potencial do que o citado glubbe.com.

    Ao Raul Libório, respeito sua opinião, mas dizer que temos repugnancia ao que a Microsoft faz, isso é normal, porque a Pepsi não compra a Coca-cola ou vice-versa, porque não dá, são empresas totalmente infladas, e não tem como comprar uma a outra pelo menos no mercado como o vemos.

    Além do que, o google faz exatamente a mesma coisa. Ve-se pelas redes sociais, orkut, myspace, hi5, Plaxo e Friendster entre outros. Mas ninguem repudia o google.

    Enfim eu acho que todos só tem a ganhar com a provavel compra do yahoo pela MS, principalmente depois da reação do google por essa oferta declarada. Na sexta passada.

    O google já ofereceu uma parceria para que o yahoo não aceita a oferta da MS. Isso não pode ser aceito pelas leis anti-truste, o google está monopolizando todo tipo de ADS pela internet, se a MS não pode o google também não pode fazer truste.

  9. si eu fose o dono do yahoo eu nao pensava duas veses pow 50 bilhao da pra vive o resto da vida sem presisa trabalha e ainda quandu morre a grana nen vai te acabo

    =D OIJiosJASJoisJAS

  10. Bom, respondendo o Rafael Moreira, o que você prefere, analisando de um ponto de vista empresarial, investir bilhões em um mecanismo de busca que tem visibilidade mas não atingiu o topo ainda porque possuí deficiências ou investir 2 milhões em um mecanismo de busca baseado em código livre, é muito melhor anunciar a compra de um mecanismo de busca a baixo custo do que comprar algo que seja gigantesco e correr o risco que já é certo de ter prejuízo, existe um conceito que vale muito entre as grandes empresas principalmente entre as grandes de internet, ou você é o número um ou você não é nada, o simples fato de você ser líder no seu segmento te dá status, porém se você investir errado comprando por um elevado preço um mecanismo de busca que não tem tanta qualidade e é similar em desempenho com outro a baixo custo, prefira o de baixo custo pois o risco será menor.

    Att. Leandro

Comente!