ÚLTIMOS ARTIGOS

O Globo: GPhone em 3 de setembro

Por em 29 de agosto de 2007 – 13:39

GPhone

A versão online do Jornal O Globo acaba de anunciar que o GPhone pode ser lançado em 3 de setembro de 2007, usando sistema operacional Linux feito pela Android e custará cerca de USD$ 100,00.

O termo “gPhone” não envolveria exclusivamente o lançamento de um aparelho de telefonia celular de baixo custo, mas de vários modelos adotados por alguns fabricantes, como a HTC e a Samsung. Os aparelhos serão habilitados com tecnologias da Google, como um sistema de monitoramento GPS, o serviço de mapas GoogleMaps e os aplicativos Docs e Gmail.

Leia a notícia completa.

Google Discovery na mídia!

Por em 29 de agosto de 2007 – 12:55


Google Discovery nas bancas!
Alguns leitores já puderam notar que o blog Google Discovery está em destaque na Revista W da Editora Europa numa mega-matéria a respeito do Google AdSense.

Na matéria, fui entrevistado para selecionar as qualidades do serviço do Google em comparação com programas concorrentes de geração de renda. Para exemplificar o funcionamento do AdSense, a revista utilizou uma screenshot da página inicial do Google Discovery.

Não deixem de comprar a revista pois além da citação(que é o destaque, é claro!), a matéria sobre o Google AdSense é completa e recomendado a todos.

Google Discovery GAS
Fui notificado ontem pelo pessoal da coordenação do “Guaraná Antarctica Street Festival” que o Google Discovery conseguiu angariar mais de 350 cliques para o site do evento, classificando o blog como um dos “mais irados da web” e vencedor da promoção “Blogueiro GAS”.

No ranking geral da promoção, o Google Discovery ficou apenas atrás do blog Tarja Preta, coincidentemente companheiro de host (seria a Insite a fórmula de sucesso de ambos os blogs? Provavelmente sim!).

Google Discovery domina o Minha Notícia do iG

Se você é um visitante fiel do portal iG, deve ter notado uma freqüência de notícias envolvendo o Google em sua página inicial, mais precisamente no espaço reservado do Minha Notícia. Tiago Dória, estamos chegando! =)

Google Discovery no Google News
Recentemente um leitor notou que as manchetes do Google Discovery estão sendo indexadas pelo Google News mas não é bem assim.

O feed do Google Discovery que é indexado pelo site IP Jornal – um centralizador de notícias para o público português está aparecendo nos resultados de buscas do Google News. Algo interessante para quem acompanha o Google News Brasil.

Google Discovery no BloggersCut
Não é que um blog de tecnologia consegue ser multi-funcional? O posts do Google Discovery ficaram diversos dias em primeiro lugar no ranking do BloggersCut.

Assista ao vídeo final colaborativo do Gmail

Por em 28 de agosto de 2007 – 23:49

A espera terminou! O Google acaba de divulgar o vídeo final colaborativo do Gmail que ganhou cenas feitas pelos próprios usuários.

Pedimos que nos ajudasse a imaginar como uma mensagem de e-mail viaja pelo mundo. Tudo o que precisava era de uma câmera, do envelope com um M do Gmail ( ) e de um pouco de criatividade — e, puxa, você realmente foi criativo!
Os clips que você enviou eram incríveis e foi difícil fazer as seleções para o vídeo final apresentado aqui. Você pode verificar tudo que recebemos no YouTube.
Divirta-se!

Você participou enviando seu vídeo? Descubra agora mesmo se você ganhou destaque no vídeo do Gmail!

Comentários (1) Categorias: Google

Adobe contrata criador de nova tecnologia que manipula imagens

Por em 28 de agosto de 2007 – 23:35

A empresa Adobe contratou hoje o inventor Shai Avidan para trabalhar no escritório em Newtown, MA nos Estados Unidos. Shai Avidam é responsável pela criação de uma nova tecnologia que permite manipular imagens de um forma extraordinária, e provavelmente, pode vir a integrar como uma nova funcionalidade no produdo Photoshop.

Sabe aquela imagem que você tenta esticar, reduzir, ampliar e acaba desistindo? Confira o vídeo abaixo e surpreenda-se!

Fonte: TechCrunch

As dificuldades dos grandes buscadores no mercado chinês

Por em 28 de agosto de 2007 – 20:02

A China é o novo eldorado planetário. Não por ser o mais rico, mas por ser o mais populoso e por possuir o maior potencial de crescimento do PIB e, portanto, a maior oportunidade de negócios. Não pensem, entretanto, que a China é um local de fácil investimento para as empresas ocidentais. Antes, muitas amargam grandes prejuízos neste país.

Um grande exemplo de dificuldades de conquista deste mercado potencial, vemos acontecer no caso das buscas de Internet. Enquanto em quase todo o mundo este serviço e largamente liderado pela Google e seguida pela Yahoo! e pela Microsoft. No caso da China, ao contrário, temos a pequena Baidu, com cerca de 58% das buscas, seguida de longe pela Google, com cerca de 22%, pela Yahoo!, com aproximadamente 11% e a Microsoft, logo após, cujo percentual preciso de mercado eu não consegui apurar. Devemos considerar que este é o segundo mercado do mundo, perdendo apenas para o dos EUA e que os investimentos de todos os buscadores (principalmente Google) estão sendo em massa. Mesmo assim, não conseguem reverter o quadro. A pergunta que não quer calar é: por que isto ocorre?

Esta é uma pergunta que comporta muitas respostas, todas complementares.
Em primeiro lugar, a cultura chinesa é muito diferente da ocidental e, por isso, os grandes buscadores ocidentais têm muitas dificuldades em adaptar os seus produtos à realidade local. A Google China, por exemplo, contratou o executivo Kai-Fu Lee e lhe deu total liberdade de ação, para tentar reverter o quadro.

Outro problema é o da estrutura local de negócios, muito ligado aos clãns e à forte burocracia chinesa, o que dificulta a ação de empresas de capital aberto, porque confere muito pouca ou quase nenhuma transparência ao ambiente de negócios. Isto afeta negativamente a todas as empresas ocidentais, que vão para a China e, ao contrário, ajuda as empresas locais, como a Baidu.

Há também o problema da total informalidade da economia local, que permite entre outras coisas, o comércio eletrônico de músicas sem pagamento de direitos autorais. Isto é feito largamente pela Baidu e atrai grande tráfego para seu site, mas não pode ser feito pelos grandes buscadores, porque este serviço não pode ser reproduzido fora da China.

Por final, temos o maior e mais impactante dos problemas: “o grande firewall chinês”. Trata-se de um eufemismo para o maior e mais complexo sistema de controle de conteúdo da Internet já montado por um Estado. Para poder operar na China, todos os grandes buscadores tiveram que submeter a eles, cada um com seu grau de comprometimento, seja pela lentidão (Google), seja até por enfrentar processos, em face de ter cedido às pressões do governo chinês e a ele entregue informações pessoais de internautas (Yahoo!). A Baidu, por sua vez, mantém seu site dentro da China e se submete a todo tipo de controle do Estado Chinês. Isto faz com que seu site seja o mais rápido dentre os buscadores. Por outro lado, é, de longe, o mais inseguro para o consumidor e cidadão chinês. Logo, a Baidu é a mais “evil” de todas.

Curiosamente, os números da audiência parecem mostrar que os chineses estão tão acostumados com o controle estatal sobre suas vidas, que preferem a rapidez a uma segurança maior de seus dados contra a grande força do Principe.

Por final, você poderia me perguntar: o recurso para a Google crescer definitivamente na China, não seria adquirir a Baidu? Eu lhe responderia: um dia eu pensei nisso. Entretanto. ao analisar as razões do crescimento da Baidu, eu me perguntei: eu gostaria de ver a Google, ou a Yahoo! ou a Microsoft se tornarem “evil”? Certamente, não.

Comentários (3) Categorias: Google

Yahoo! enfrenta processo por fornecer dados às autoridades chinesas

Por em 28 de agosto de 2007 – 19:17

O Yahoo! está sendo processado pela organização americana de direitos humanos (“World Organization for Human Rights”), por suposta cumplicidade em abusos de direitos humanos e atos de tortura. Segundo ela, informações fornecidas ao governo chinês levaram à prisão de escritores e dissidentes.

O jornalista chinês Shi Tao teria ficado preso por 10 anos sob acusação de subversão, após fornecimento de seus dados para autoridades chinesas. De acordo com divulgação, o jornalista havia colocado na internet críticas sobre a corrupção governamental. Segundo seu advogado de defesa, o Yahoo! deveria ter perguntado ao governo chinês o motivo do pedido de informações antes de fornecer os dados.

Outro acusado de colaborar com o governo é a empresa rival Google, que admite bloquear temas políticos considerados “sensíveis” em seu website na China.

Via: Estadão

Comentários (0) Categorias: Yahoo

Mozilla lança versão do Firefox para estudantes

Por em 28 de agosto de 2007 – 18:48

A Mozilla lançou hoje uma versão especial do Firefox para estudantes – apelidada de “Campus Edition“, que nada mais é do que o Firefox comum com alguns add-ons pré-instalados.

Esses add-ons são: controlador de players FoxyTunes; uma barra do site de indicação de conteúdo StumbleUpon e o “bloco de notas” avançado Zotero. Quem já possui o Firefox pode instalar esses add-ons separadamente, sem problemas.

Eu pessoalmente não vi nenhuma vantagem nessa “nova” edição, que de fato mesmo só possui nome próprio.

Via: INFO Online

Google suspende publicidade no Orkut

Por em 28 de agosto de 2007 – 17:38

Segundo Carlos Felix Ximenes – diretor de comunicação do Google Brasil, denúncias que links patrocinados estavam sendo exibidos em comunidades criminosas no Orkut fez a empresa interromper temporariamente a publicidade na rede social.

O executivo enfatizou que o sistema estava em fase de testes no Brasil – a empresa também testa a integração do AdWords com o Orkut na Índia e nos Estados Unidos -, e que os anúncios apareciam em menos de 1% das comunidades da rede social em português. “Vamos reavaliar a ferramenta, pois a idéia é que os anúncios só apareçam em comunidades relevantes e com conteúdos apropriados”, assegurou o executivo.

Fonte: IDG Now!

Twitter: um ótimo candidato à aquisição

Por em 28 de agosto de 2007 – 10:04

Twitter (banner)

O microblog Twitter é um sucesso em todo o mundo, em razão da grande proliferação de celulares. Ela já se encontra integrado ao GMail e ao Google Maps. Entretanto, há mais sinergias a serem exploradas entre ele e outros produtos do portfólio da Google. Falo de integrações com produtos como Google Earth, Blogger, Orkut, Laiba, Perguntas e Respostas, Groups, Dodgeball etc.

Trata-se ainda de uma empresa pequena e, portanto, provavelmente, de pequeno valor. Principalmente no que tange às redes sociais (Orkut, Laiba, Dodgeball e, de certa forma, o Blogger), a Google precisa desesperadamente crescer, para inverter o jogo contra concorrentes tais como Facebook e MySpace e, nesta guerra, um microblog, aliado a uma estratégia de telefonia móvel faria toda a diferença.

Diante de todos estes argumentos e em se confirmando a estratégia de reforço do caminho em direção às plataformas móveis, com o GPhone, eu não me espantaria se a Google incluísse o Twitter em seu portfólio.

Google cria aplicativo para Facebook

Por em 28 de agosto de 2007 – 0:39


Google criou um aplicativo para Facebook que permite buscar na internet e compartilhar os resultados com os seus amigos.

Os termos buscados são automaticamente armazenados e incluídos no mini-feed do Facebook, seu histórico de navegação também pode ser compartilhado. Há também uma página que mostra os resultados mais populares entre os usuários do Facebook.

Esta aplicação foi criada usando o Google AJAX Search API, o único API de buscas suportado pelo Google.

Fonte: Google Operating System

Comentários (0) Categorias: Google