ÚLTIMOS ARTIGOS

Opera Max ajuda a economizar dados móveis

Por em 2 de junho de 2014 – 23:35

opera-max

Após algum tempo sem trazer grandes novidades, a Opera Software anunciou um novo aplicativo para Android que é capaz de economizar dados, estendendo seu plano de dados.

“Opera Max comprime fotos e vídeos, removendo as partes desnecessárias. Talvez você note uma leve diferença na qualidade, mas a economia representa mais do Vine ou mais do Instagram”, publicou a empresa.

Nos testes realizados pelo Google Discovery, o Opera Max cumpre o que promete durante o uso do Instagram, Feedly e navegação mobile, reduzindo drasticamente o consumo de dados.

Embora ainda não esteja disponível para o Brasil, uma versão global do aplicativo está disponível para download.

Sunrise Calendar estreia no Android

Por em 2 de junho de 2014 – 23:23

Depois de fazer sucesso no iOS, o Sunrise Calendar agora está disponível para instalação no Android. Com uma interface bonita e funcional, o aplicativo é uma interessante alternativa ao Google Calendar.

Sunrise Calendar está disponível gratuitamente no Google Play.

Google planeja lançar Android TV durante o Google I/O 2014

Por em 2 de junho de 2014 – 23:06

android-tv-3

De acordo com fontes do blog GigaOM, o Google pode anunciar o lançamento da Android TV durante a conferência para desenvolvedores do Google I/O, em San Francisco, nos Estados Unidos.

Rumores da indústria apontam que a Android TV não será um novo dispositivo, mas sim uma plataforma em que os fabricantes de televisores e set-top boxes podem usar para incorporar serviços de streaming para a televisão.

Além disso, a Android TV irá trabalhar de forma aprimorada com serviços de mídia on-line e jogos de vídeo-games baseados em Android. Netflix e Hulu Plus estariam disponíveis já no lançamento.

Motorola vai fechar a fábrica do Moto X nos EUA

Por em 2 de junho de 2014 – 23:00

moto-x-traseira

De acordo com o Wall Street Journal, a Motorola anunciou que vai fechar, nos Estados Unidos, a fábrica responsável pela montagem do Moto X até o final de 2014.

De acordo com o presidente da Motorola Rick Osterloh a decisão foi tomada após classificar o mercado norte-americano como “excepcionalmente difícil” para a fabricantes de smartphones.

Osterloh expicou ainda que o Moto X era o único dispositivo a ser montado na fábrica, enquanto o Moto G e Moto E já são produzidos no exterior, incluindo a planta da Motorola no Brasil.

Apesar da decisão, a Motorola continuará a oferecer o Moto Maker aos consumidores, possivelmente transferindo a montagem para a China e outros países estratégicos.

Comentários (1) Categorias: Google

Google projeta a construção de 180 satélites em órbita da Terra

Por em 2 de junho de 2014 – 22:49

google_satellites

De acordo com o site Geek, o Google planeja gastar até 3 bilhão de dólares em uma frota de 180 satélites para cobrir o mundo com acesso à internet.

Aliado ao serviço do Google Fiber, a gigante da internet se tornaria um provedor de internet por completo, oferecendo a acesso a rede mundial de computadores com o controle de todos os níveis.

O buscador também estaria considerando o uso de drones solares para fornecer acesso. No mês passado o Google adquiriu a Titan Aerospace – conhecida por desenvolvedor um “satélite atmosférico movido a energia solar”, por US $ 20 milhões.

Os drones da Titan são capazes de permanecer no ar por cinco meses em um momento e Google acredita que poderá fornecer acesso à internet a velocidades de até 1 Gbps para áreas cobertas pelos robôs voadores.

Comentários (0) Categorias: Google

Google libera Android 4.4.3 para Nexus 5 e Nexus 7

Por em 2 de junho de 2014 – 22:39

android-kitkat-logo

O Google acaba de liberar uma atualização para o Android que deve chegar em primeira mão para os proprietários do Nexus 5 e Nexus 7. De acordo com a empresa, o update para o Android 4.4.3 KitKat oferece melhor foco para a câmera, corrige problemas com queda de dados e reboots aleatórios. Além disso, interface do discador foi atualizado para apresentar algumas das cores mais claras e uma refinamento na interface.

Comentários (3) Categorias: Google

GM: carros do Google podem ameaçar a indústria

Por em 2 de junho de 2014 – 22:33

google-prototipo-carro

Em entrevista a Bloomberg Mark Reuss, vice-presidente executivo de desenvolvimento de produtos globais da GM, disse que poderia ver o Google como uma “séria ameaça competitiva” a indústria automobilística.

Anunciado no último mês de maio, o Google espera lançar pelo menos 100 desses protótipos, carros autônomos de dois lugares para testes no mundo real ainda este ano.

Reuss disse ainda que “qualquer um pode fazer qualquer coisa com bastante tempo e dinheiro” e que as montadoras não estão paradas no tempo.

Comentários (6) Categorias: Google

A Google e o Scalawagon de Oz

Por em 1 de junho de 2014 – 20:55

Em 1900, um escritor um genial escritor norte-americano chamado L. Frank Baum lançou um livro infanto-juvenil chamado The Wonderful Wizard of Oz. Este livro fez tanto sucesso, que gerou uma série, além de várias adaptações para o cinema, dentre elas a inesquecível The Wizard of Oz, com Judy Garland.

Em um dos livros da série, chamado The Scalawagons of Oz, de 1941, este escrito por John R. Neill, é descrito um carro, que não tem volante ou pedais e atende a comandos de voz de seu dono.

Esta semana nós vimos um scalawagon de verdade, 73 anos depois que a ficção o criou. Trata-se do novo Google Car. O curioso é que até o desenho do carro-robô da Google é semelhante ao scalawagon presente na capa do livro. Até o cocuruto ele tem. Parece até que o modelo real foi inspirado no ficcional.

É a ciência copiando a arte.

google-carro-autonomo

 

 

Com este lançamento, a gigante das pesquisas está empurrando a tecnologia do automóvel antes somente sonhado no reino realismo fantástico. E isto poderá revolucionar toda a indústria do automóvel.

E eu nem sei que a Google pretende virar montadora! Mas isto é assunto para um próximo post.
PS: a sacada do scalawagon não é minha. Em verdade, foi publicada hoje pelo jornalista norte-americano David Zanoni, do site Seekingalpha.com. Eu li e resolvi contar para vocês.

Comentários (0) Categorias: Google

OVNI avistado em 2012 era um balão do Google

Por em 29 de maio de 2014 – 1:04

ovni-google
Cross Post com o Arquivo UFO

O Google assumiu a responsabilidade por um OVNI em forma de charuto que foi visto em vários estados dos EUA, em outubro de 2012.

De acordo com o buscador, o objeto voador não identificado, capturado pelo astrônomo amador Allen Epling, era um dos balões do Projeto Loon.

A Wired informa que Epling e outros pessoas avistaram “um teste do Projeto Loon”, o plano ambicioso de levar a internet a locais remotos, através de milhares de balões de alta pressão movidos a energia solar.

“Nem todo mundo comprou a história de Google porque as imagens de Projeto Loon, divulgados pelo Google, parecia em nada com as imagens capturadas por Epling”, diz o autor da publicação.

Mas agora o Google tem uma explicação para isso: de acordo com o arquiteto técnico do Google X Rich DeVaul o OVNI de 2012 era um protótipo do Projeto Loon, um cilindro de 120 metros de comprimento chamado de Falcon 11.

Mudanças subsequentes levaram o balão a ter uma aparência mais convencional.

DeVaul também revelou que o protótipo Falcon 11 faria um breve voo experimental na Califórnia. Durante seu teste, o Google teria perdido o controle do balão, levando o mesmo a ser relatado por várias testemunhas na internet.

Para localizá-lo, os funcionários do Google recorreram aos entusiastas de OVNIs em todo o país, traçando a sua viagem da Califórnia, desde o avistamento em Kentucky, em seguida, para o Canadá, ao longo de 11 dias.

“Se você quer começar um programa estratosférico secreto e o mesmo falhar, você pode terceirizar seu monitoramento para os caras que adoram OVNIs”, brincou DeVaul.

Google ainda esclareceu que o Projeto Loon esteve em desenvolvimento por dois anos antes de ser revelado ao público em 15 de junho de 2013.

Comentários (0) Categorias: Google

Google usa inteligência artificial para aumentar a eficiência de seus data centers

Por em 29 de maio de 2014 – 0:35

data-center

O Google anunciou que vem utilizando a inteligência artificial para uma ampla gama de tarefas, que vão desde a entrega dos resultados de pesquisa ao reconhecimento de voz.

A última novidade, porém, está no uso da inteligência artificial para melhorar a eficiência energética dos próprios servidores usados ​​para fazer todas as outras coisas.

O buscador explica que o conceito foi projetado por um de seus engenheiros que aplicou, durante seus 20% de tempo livre, a computadorizar a eficiência energética em tempo real de seus centros de dados.

Ao utilizar a aprendizagem de máquina para prever o impacto de variáveis ​​como temperatura do ar exterior, o Google pode ajustar a configuração para minimizar o uso de energia.

Comentários (0) Categorias: Google