Blog Página 648

Code Jam anuncia mais de 30 mil inscritos – Brasil já é 4º país em inscrições

0

Google Code Jam 2008, o desafio mundial de programação promovido pelo Google, já pode contabilizar até o momento um aumento de 57% nas inscrições em comparação ao mesmo período do último desafio realizado em 2006.

Segundo a empresa, o Brasil já está entre os quatro maiores países em número de inscrições, um aumento expressivo de 280% no número de brasileiros. Caso esteja interessado em participar, as inscrições para o desafio permanecerão abertas até o 17 de julho no site http://code.google.com/codejam.

Os 500 melhores participantes da América Latina que conseguirem se classificar terão passagem e despesas pagas para participar das semifinais na filial do Google em Belo Horizonte, de onde serão selecionados os 100 melhores para a grande final na sede do Google em Mountain View, nos Estados Unidos.

Os Prêmios:

1º lugar: US$ 10 mil
2º lugar: US$ 5 mil
3º lugar: US$ 2,5 mil
4º – 10º lugares: US$ 1,5 mil cada
11º – 30º lugares: US$ 1 mil cada
31º – 50º lugares: US$ 750 cada
51º – 75º lugares: US$ 500 cada
76º – 100º lugares: US$ 250 cada

Google Notebook Bookmarklet para Safari, Opera e Internet Explorer

0

O Google disponibilizou ontem um bookmarklet útil para os usuários de navegadores como Safari, Opera e Internet Explorer que não suportam o complemento original criado pela empresa para uso no Firefox.

Para utilizar o novo Google Notebook Bookmarklet, acesse este endereço e arraste o “Note This” para a barra de favoritos em seu navegador(no caso do Internet Explorer, clique com o botão direito no link e selecione “Adicionar aos Favoritos”).

Assista ao vídeo abaixo criado pelo Google que demonstra a instalação do bookmarklet na prática:

Imagem do Dia: Google pode ter fechado a aquisição do Digg

2

Não existe nenhuma informação adicional ou que possa confirmar tal fato. Mas uma imagem vale mais que mil posts. Na foto(NYTimes): Larry Page, fundador do Google, e Jay Adelson, CEO do Digg, em uma conversa informal que ocorreu esta semana. Eles parecem felizes, você não acha?

iPhone 3G: Will It Blend?

2

Escura a fumaça 3G, né? =)

Imagens do Dia: CEO do Yahoo! demonstra sinais de tempos difíceis

8

Imagens: Reuters

Jerry Yang, CEO do Yahoo!, demonstra sinais de problemas(será uma nova pressão da Microsoft em conjunto com o investidor Carl Icahn?), mesmo em reunião com Larry Page e Sergey Brin, fundadores do Google.

Será que desta vez nem o Super G vai conseguir ajudar?

Yahoo! Boss: inovação em sistemas de pesquisas

2

Yahoo! anunciou ontem a criação da plataforma BOSS que permite aos desenvolvedores e empresas a criar e lançar produtos de buscas utilizando a mesma infra-estrutura e tecnologia do Yahoo! Search.

Segundo a empresa, a meta do serviço BOSS (além de construir um sistema próprio de pesquisa) é simples – promover a inovação em buscas. Para isso, a empresa criou uma plataforma programática e aberta, que oferece acesso a todo o índice do Yahoo! Search através de uma API.

BOSS, que concorre com o Google, permite aos desenvolvedores tirar vantagem da infra-estrutura e tecnologia do Yahoo!, ambas qualidades únicas, como forma de criar verdadeiras experiências de pesquisas.

Embora as APIs já tenham sido disponibilizadas por algum tempo, BOSS elimina o uso de muitas restrições que impediam outras empresas de utilizar de forma inovadora a tecnologia de construção de novos mecanismos de busca.

Viacom quer dados do YouTube? Google, por favor, entregue os 12 terabytes impressos [curiosidade]

10

Gilberto Knuttz, do blog CyberVida, publicou hoje uma ótima análise caso o Google partisse para a desobediência civil ao entregar os dados do YouTube para a Viacom.

Segundo informações do blog TechCrunch, se empresa resolvesse imprimir os 12 terabytes de dados em papel, isso poderia equivaler a aproximadamente 5 bilhões de folhas de papel, se dividido em livros com 250 folhas, representariam simplesmente 20 milhões de livros, com apenas 23.000 toneladas de papel.

Seria possível alguém analisar aos 12 terabytes de dados impressos? Para se ter uma idéia deste volume de informações, veja o infográfico abaixo criado pelo blog Neatorama.


12 terabytes de informações são equivalentes a:

  • 5.280.000.000 folhas de papel, em linha simples
  • 1.006.633 de catálogos telefônicos
  • 19.358 CDs
  • 2.614,5 DVDs
  • 61.4 discos rígidos (200 GB)
  • 9.6 cérebros humanos ( a capacidade total de armazenagem de dados em um cérebro são de 1.25Tb, segundo o futurista Raymond Kurzweil no livro “The Singularity Is Near”)
  • todos os dados do WorldWide Telescope da Microsoft

Tradução: CyberVida

O lado obscuro do Google SMS [humor]

1

Tudo começa com apenas um simples SMS. Depois, o Google revela um mundo de conspirações. (em inglês) =)

Google Maps testa direções para caminhadas

6

O Google Maps, serviço de mapas do Google, iniciou o teste de uma nova funcionalidade que permitirá aos usuários verificarem rotas para caminhadas através do serviço.

Embora seja possível obter rotas normalmente, o Google disponibilizou para um pequeno número de localizações, um novo formato de exibição que possibilita aos “usuários andarilhos” uma visão mais detalhada, além de um período de tempo adequado para quem está a pé.

Google recomenda que os usuários “tomem cuidado ao andarem por áreas desconhecidas”,  uma vez que a nova funcionalidade de “caminhadas” está em versão beta.

Assessoria do Senador Eduardo Azeredo responde à Carta Aberta da Blogosfera

36

Leia abaixo, na íntegra, a resposta da Assessoria do Gabinete do Senador Eduardo Azeredo, enviada ao leitor Otávio Müller, que possui relação direta com a Carta Aberta feita pela Blogosfera.

Segundo a Assessoria do Senador, a Lei que tramita no Senado não apresenta riscos a liberdade de expressão na internet, e também não levará à “criminalização em massa de usuários na internet que baixam e trocam arquivos (músicas, textos e vídeos) sem autorização do titular” como publicado recentemente pela Folha Online.

Prezado Otávio,

Para esclarecimento de suas duvidas envio a verdadeira proposta de combate aos crimes cibernéticos.  Existem pessoas que por ma fé estão divulgando informações erradas e infundadas  sobre esta proposta.

A VERDADEIRA PROPOSTA DE COMBATE AOS CRIMES CIBERNÉTICOS

– A proposta do Senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG) para tipificar e punir os crimes cometidos com o uso das tecnologias da informação é um texto substitutivo a três projetos de lei que tramitam no Congresso Nacional – PLC 89/2003 (da Câmara); PLS 76/2000  e PLS 137/2000 (do Senado).

– O Senador Eduardo Azeredo é, portanto, relator de da proposta, com parecer aprovado pelas comissões de Educação (CE), Ciência e Tecnologia (CCT), Constituição e Justiça (CCJ), além da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), onde a proposta também recebeu emendas e parecer favorável do Senador Aloízio Mercadante (PT-SP).

– O texto espelha o que é necessário para coibir e punir os delitos de informática, modificando e ampliando cinco leis brasileiras: Código Penal, Código Penal Militar, Lei de Repressão Uniforme, Lei Afonso Arinos e Estatuto da Criança e do Adolescente.

– Essas leis são antigas e não contemplam, em seus textos, os novos crimes, surgidos com o avanço das tecnologias da informação. Daí, a necessidade de modernizá-las.

– São 13 os novos crimes tipificados pela proposta: 1) acesso não autorizado a dispositivo de informação ou sistema informatizado; 2) obtenção, transferência ou fornecimento não-autorizado de dado ou informação; 3) divulgação ou utilização indevida de informações e dados pessoais; 4) destruir, inutilizar ou deteriorar coisa alheia ou dado eletrônico alheiro; 5) inserção ou difusão de vírus; 6) agravamento de pena para inserção ou difusão de vírus seguido de dano; 7) estelionato eletrônico (fishing); 8) atentado contra segurança de serviço ou utilidade pública; 9) interrupção ou perturbação de serviço telegráfico, telefônico, informático, telemático, dispositivo de comunicação, rede de computadores ou sistema informatizado; 10) falsificação de dados eletrônicos públicos e 11) falsificação de dados eletrônicos particulares (clonagem de cartões e celulares, por exemplo); 12) discriminação de raça ou de cor disseminada por meio de rede de computadores (alteração na Lei Afonso Arinos); 13) receptar ou armazenar imagens com conteúdo pedófilo (alteração no Estatuto da Criança e do Adolescente).

NÃO. O usuário não será permanentemente vigiado pelos provedores ou por quem quer que seja. A proposta determina apenas que os provedores guardem dados de CONEXÃO – hora de on e off e número de IP – e que os repassem, mediante solicitação, à autoridade investigatória. Os provedores também deverão repassar denúncia DE QUE TENHAM SIDO INFORMADOS (por usuários que se sintam lesados), para a autoridade competente. O PROVEDOR NÃO É UM DEDO DURO, MAS UM COLABORADOR DAS INVESTIGAÇÕES. TUDO O QUE ELE FIZER SERÁ MEDIANTE AUTORIZAÇÃO DA JUSTIÇA!

– A lei vai punir apenas os maus usuários, aqueles que, a cada dia mais, usam as tecnologias da informação para cometer delitos como clonagens, difusão de vírus, pedofilia.

A lei não se aplica a quem, por lazer ou trabalho, usa corretamente o computador, seja desenhando, seja baixando músicas, seja batendo-papo, seja dando opiniões em blogs, fazendo pesquisas ou quaisquer atividades semelhantes. O BOM USUÁRIO DEVE FICAR TRANQUILO, POIS NADA ACONTECERÁ A ELE, A NÃO SER O AUMENTO DE SUA SEGURANÇA, PELA LEI, NO USO DAS TECNOLOGIAS.

– NÃO! Não há qualquer cerceamento de opinião, atentado à liberdade de expressão ou censura. Vale lembrar que APENAS OS DADOS DE CONEXÃO SERÃO GUARDADOS. A NAVEGAÇÃO É LIVRE E SÓ SERÁ INVESTIGADA MEDIDANTE SOLICITAÇÃO JUDICIAL, O QUE, É CLARO, SÓ OCORRERÁ EM CASO DE DENÚNCIA DE CRIME. É como se fosse uma ligação telefônica qualquer: se houver pedido judicial para quebra de sigilo, as informações dirão respeito apenas à hora em que determinado número ligou para outro. Portanto, mais uma vez, O BOM USUÁRIO ESTÁ PRESERVADO EM TODOS OS SEUS DIREITOS.

– A proposta foi elaborada de acordo com a Convenção Internacional contra o Cibercrime – Convenção de Budapeste – assinada pelas nações mais modernas do mundo, entre elas, os países da Comunidade Européia, os Estados Unidos, a Coréia do Sul e o Canadá.

– A conformidade da lei brasileira com a Convenção permitirá ao Brasil ser signatário deste tratado internacional – ação de suma importância para as investigações transfronteiras.

– O Brasil, por meio de seu Parlamento eleito legitimamente, está lutando contra os cibercrimes. Seu apoio é importante!

Muito obrigado.

Assessoria do Gabinete do Senador Eduardo Azeredo.
azeredo.imprensa@senado.gov.br

Destaques

Yahoo! deixou de comprar Google e Facebook

A compra do Yahoo! pela Verizon marca o fim de uma das empresas mais importantes e pioneiras da internet. No entanto, basta um olhar...

Lenovo lança Vibe C2 no Brasil

Social

29,096FãsCurtir
32,780SeguidoresSeguir
35,176SeguidoresSeguir