ÚLTIMOS ARTIGOS

Google Labs deve expandir e ganhar mais transparência

Por em 5 de julho de 2008 – 17:24

Segundo RJ Pittman, Chefe do Google para Pesquisa e Operações, o Google Labs deve se tornar em breve “mais transparente em sua interação com seus utilizadores”. Outra novidade apresentada pelo executivo está um grande compromisso de ampliar e acelerar a taxa de inovação da Google Labs.

Em junho, o Google deu seu primeiro grande passo na abertura do Labs, com o lançamento do GMail Labs. R.J. não divulgou quais os produtos em desenvolvimento poderiam ser abertos ao público, mas indicou isto irá acontecer em breve.

Esta nova fase do Google coloca seus usuários como parte do processo de desenvolvimento, tornando o feedback mais precioso e fundamental na implementação de novidades e invovações. Veja abaixo a entrevista com RJ Pittman(em inglês).

Google exibe doodles especiais na França e Venezuela

Por em 5 de julho de 2008 – 16:14


Google Francês está exibindo hoje um doodle especial ao evento Tour de France.

Segundo leitor Vitor, Google criou um serviço especial para destacar o principal evento do ciclismo mundial, o “Tour de France”, que começa neste sábado, dia 05. O site oficial para quem quiser acompanhar é: http://www.letour.com/

“A prova é disputada em etapas e o Google Maps está exibindo o mapa de todas as etapas. A duração da prova é de 20 dias e será transmitida ao vivo aqui no Brasil pela ESPN”.

Venezuela

Google está celebrando hoje também o Dia da Independência da Venezuela.

Decisão judicial nos EUA poderá matar YouTube

Por em 5 de julho de 2008 – 13:07

YouTube logoVocês se lembram daquele processo movido pela Viacom, destinado a cobrar USD$ 1 bilhão da Google por infringência de direitos autorais no YouTube? Em março deste ano, a Reuters disse que a Google havia vencido e que não teria que pagar a indenização.

Nesta semana, no entanto, o Juiz Louis L. Stanton, da Corte Federal do Distrito Sul de Nova York, tomou uma decisão, que pode determinar o fim o serviço de compartilhamento de vídeos YouTube.

O juiz norte-americano determinou que a Google forneça à Viacom os endereços IP, os logins dos usuários e quais vídeos quem assistiu e quando.

Desde então, a imprensa internacional, motivada por um movimento coordenado pela própria Google e também pela ONG Electronic Frontier Foundation, está bombardeando a decisão, sob o argumento de que ela, se cumprida, acarretará quebra por parte da Viacon da privacidade dos usuários do YouTube. E não tenham dúvidas de que, se a Google não conseguir reformar a decisão, ela será cumprida, porque, nos EUA, descumprir decisão judicial dá cadeia. Ao mesmo tempo, entregar à Viacom tantos dados violará a privacidade dos usuários e que esta decisão também é desastrosa.

Quero agora analisar as razões que levaram o juiz a dar este decreto e suas consequências, até porque me parece que a questão da privacidade é apenas a ponta do iceberg.

A primeira pergunta a ser respondida é a seguinte: por que o juiz foi tão míope, a ponto de não conseguir ver que obrigar a Google a entregar estes dados à Viacom permitiria a quebra da privacidade dos usuários, logo um direito tão defendido nos EUA?

A resposta a esta pergunta é muito simples. A Internet é um fenômeno muito recente em todo o mundo, que tem pouca regulamentação legal. Quando os legisladores criam as leis, para regular os fenômenos da Internet, geralmente elas já estão um pouco defasadas da realidade, ou, quando não estão, logo ficam. Esta é a primeira barreira. Mas logo encontramos uma barreira ainda maior, que é no Poder Judiciário. Afinal, o que você espera do Poder Judiciário em qualquer lugar do mundo? Segurança, segurança e segurança. Para se ter segurança os órgãos judiciários precisam contar com corações e mentes moduladas para serem e se sentirem conservadoras. Ocorre que a mente conservadora não combina com o ritmo acelerado de mutação da Internet e, portanto, quando um juiz, geralmente, de mais idade, é chamado a julgar uma causa de grande relevância para a Internet, que seria de fácil entendimento para um jovem, dificilmente consegue compreender a dimensão dos interesses envolvidos e, conseqüentemente, interpretar a lei de forma a pacificar as relações jurídicas, sem destruir a contemporaneidade.

Estamos vivendo um paradoxo. Um juiz de 80 anos foi colocado a julgar um processo típico do Século XXI e, como era de se compreender, não estava apto a se posicionar diante de questões de tamanha relevância, porque as questões de seu tempo eram outras. Mas a democracia exige o respeito às regras do jogo, mesmo que, às vezes, não gostemos dos resultados deste jogo.

Em outras palavras: com sua decisão míope, o Juiz Louis L. Stanton poderá matar o YouTube, um dos maiores fenômenos da Internet, mas o respeito à regra democrática exige que ela seja cumprida ou reformada por corte superior, porque os valores da democracia são mais importantes que o YouTube.

Outra pergunta que deve ser feita: será que o Juiz Stanton não viu que esta decisão permitirá à Viacom (e também à NBC, que é ligada à Microsoft através da MSNBC e entrou junto na mesma ação judicial) processarem todos os usuários, que compartilharam vídeos protegidos com direitos autorais, exigindo deles pesadas indenizações e que estes poderão exigir do YouTube (Google) indenização regressiva, o que poderá gerar a falência do YouTube e talvez até da Google, como ocorreu com o site de músicas KaZaA, que teve seus usuários processados pela RIAA? Parece que não. Afinal, é difícil aqueditar que o juiz de 80 anos se interesse por noticiários do mundo da Internet.

Será que o Juiz Stanton não notou que obrigar a entrega destes dados permitirá que os concorrentes no mundo das propagandas online, notadamente, os que possuem empresas associadas a este processo, se apoderarem do bem mais precioso da Google: o seu segredo industrial consistente no comportamento do usuário, que lhe permite dirigir publidade? Parece que ele não tem a noção do problema, que está criando.

É uma pena!

Isto poderá matar o YouTube e até quebrar a Google.

Fontes:
TechCrunch 1 2
InfoOnline
IDGNow
Wired Blog

Usuários de rede social podem sofrer com crise de identidade

Por em 4 de julho de 2008 – 19:21

Segundo Himanshu Tyagi, um psicanalista inglês, a geração de usuários da internet que nasceram após 1990 pode ter desenvolvido uma visão “perigosa a respeito do mundo e da sua própria identidade”. A causa deste problema estaria ligado ao fato de estas pessoas terem crescido num mundo dominado pela internet e redes sociais como o Facebook, Orkut e MySpace.

“É um mundo onde tudo se move depressa e muda o tempo todo, onde as relações são rapidamente descartadas pelo clique do mouse, onde se pode deletar o perfil que você não gosta e trocá-lo por uma identidade mais aceitável no piscar dos olhos”, disse Tyagi durante o encontro anual do Royal College of Psychiatrists, uma das principais agremiações de psiquiatras do Reino Unido e da Irlanda.

O psiquiatra ainda complementa que estas pessoas podem apresentar tendências de achar a vida real “chata e pouco estimulante”, criando um comportamento impulsivo ou até mesmo chegando ao suicídio.

Via: G1

Nota: Sabemos o quanto é interessante o mundo online e suas ferramentas, mas de final de semana, procure curtir sua vida offline e sentir o prazer da vida humana. Depois, antes de dormir, não deixe de ler as últimas do Google Discovery. =)

Comentários (5) Categorias: Google

Google: integrações e mais integrações

Por em 4 de julho de 2008 – 16:34

Integração do Google Maps no Orkut. Visto pelo blogueiro Cab.

Integração do Google Books no Google Search. Visto pela leitora Debora Lima.

Integração do Google Translate no Google Search. Visto por mim. =)

Google C++ Testing Framework

Por em 4 de julho de 2008 – 12:37

Com o objetivo de tornar o Google Test ainda mais mais fácil para todos os interessados, o Google disponibilizou seu Framework de testes do Google C++ para a comunidade open-source, além de uma biblioteca utilizada por diversos Googlers na construção de programas em C++.

O Framework do Google permite testar seus programas em C++ em diversas plataformas(Linux, Mac OS X, Windows, Windows CE, e Symbian). Por ser baseado na arquitetura xUnit, suporta “automatic test discovery”, um rico conjunto de asserções, asserções user-defined, testes “death”, fatal e falhas não-fatais, várias opções de execução dos testes e geração de relarórios para testes de XML.

Comentários (0) Categorias: Google

Google fechará escritórios em Dallas e Denver nos EUA

Por em 4 de julho de 2008 – 11:37

Segundo informações do Google Blogoscoped(via Friendfeed), o Google anunciou que passará em breve por uma revisão operacional, e devido a isso, teria planejado a desativação dos escritórios em Dallas e Denver nos EUA.

“Esta reorganização é projetada para garantir que nós estamos realmente satisfazendo as necessidades dos nossos clientes, as partes interessadas e aos Googlers[funcionários do Google]. Estas são as duas únicas cidades afetadas por esta revisão, e novas oportunidades dentro da empresa serão oferecidos à todos funcionários de Dallas e Denver” descreve o Google em comunicado.

Comentários (0) Categorias: Google

Mozilla confirma Firefox 3 no Livro dos Recordes

Por em 4 de julho de 2008 – 11:06

A Fundação Mozilla confirmou que o navegador Firefox 3 vai mesmo estampar uma das páginas do Livro dos Recordes Guinness como o software mais baixado em 24 horas. De acordo com a Mozilla, no último dia 18 de junho de 2008, um total de 8,002,530 de pessoas baixaram o Firefox 3.

Desde que o Firefox foi lançado em 2004, temos contado com o apoio da nossa comunidade para nos ajudar na divulgação do Firefox. Hoje, graças a projetos tais como círculos de milho, anúncios de jornal, adesivos gigantes, vídeos, blogs, dentro outros, nós contamos com mais de 160 milhões de usuários em mais de 230 países.

Você participou desta verdadeira festa do software-livre? Não esqueça de pegar seu certificado de participação.

Comentários (2) Categorias: Google

Google e outros portais da internet celebram Dia da Independência dos EUA

Por em 4 de julho de 2008 – 7:00

Google, Yahoo! e AOL estão celebrando o famoso 4 de Julho – Dia da Independência norte-americana – com doodles especiais.

Os Estados Unidos celebram o seu dia da independência em 4 de julho de 1776, quando as Treze Colônias britânicas na América do Norte fizeram a Declaração de Independência, rejeitando a autoridade britânica, a favor da política de autodeterminação. Wikipédia

Google
null

Yahoo!

AOL

Google adiciona política de privacidade em sua homepage

Por em 4 de julho de 2008 – 1:08


O que parecia improvável aconteceu: o Google adicionou hoje a sua homepage um link direto para as suas políticas de privacidade, além de trazer novas informações úteis sobre a empresa e suas atividades, tornando sua ligação com os usuários ainda mais transparente.

No mês passado, publicamos aqui no Google Discovery que um conglomerado de grupos haviam solicitado através de uma carta aberta que o Google criasse um link para a sua política de privacidade em sua página inicial, ao alegar que o buscador estaria violando uma lei americana.

Segundo Marissa Mayer, subentendidoMarissa Mayer

Comentários (2) Categorias: Google