ÚLTIMOS ARTIGOS

Orkut ganha Marcação de Fotos

Por em 3 de junho de 2008 – 18:06

Orkut ganhou hoje uma funcionalidade muito interessante(e semelhante a um recurso existente no serviço Flickr) onde possibilita ao usuário fazer marcações nas fotos dos amigos.

Ao efetuar alguma marcação, as fotos são disponibilizadas instantaneamente no perfil do usuário marcado, criando um segundo álbum de fotos com o link para estas imagens. Uma pergunta fica no ar? Será que esta novidade também será implantada no Picasa Web Álbuns?

ATUALIZAÇÃO: Bruno Melo nos avisou por e-mail que a tradução da nova funcionalidade estreou de uma forma bem estranha:

“fotos de ela” e “fotos de eu” teria sido proposital para demonstrar um lado “caipira” do Orkut? Nunca saberemos. No momento a tradução já foi corrigida para “minhas fotos”.

Agradecimentos aos leitores Diogenes Kelsen, Andre Tomazetti, Otávio Müller, Gustavo Forlin e Bruno Melo por reportarem a novidade!

Quer Namorar Comigo?

Por em 3 de junho de 2008 – 17:06

Estou sozinho, sem companhia, triste… calma! Não é nada disso. É sobre um especial do YouTube para o Dia dos Namorados. (por via das dúvidas, eu estou otimamente bem) :)

O maior site de vídeos do planeta Terra(tudo isso para dizer YouTube), quer ajudar aqueles solteiros desesperados a encontrar possíveis candidatos a assumir aquela paixão interna, e possivelmente se tornar mais um “casalzinho todo miguxinho” nesta próxima data.

Para isso, grave um vídeo dizendo porque você é o namorado ou namorada ideal, conte seus interesses, seus gostos, segredos pessoais(hmmm), além de seus ideais de vida; os três vídeos mais acessados até às 18 horas do dia 11 de junho vão ficar em destaque na homepage do YouTube Brasil no dia 12 de junho.

Esta é a sua grande de chance de encontrar aquela pessoa especial. O que o Google não faz por você, não é mesmo? Love is in the air.

Comentários (9) Categorias: Google

Pessoas pagarão por conteúdo na web, diz Google

Por em 3 de junho de 2008 – 11:33

Nikesh Arora, presidente do Google para a Europa, Oriente Médio e África, e vice-presidente do Google Reino Unido, acredita que a economia da Web irá evoluir como a economia impressa – isso significa que as “pessoas irão pagar por conteúdo online”.

“O modelo comercial na web não será diferente do modelo empresarial de hoje,” diz Arora a audiência do Fórum “World Editors Forum at the World Association of Newspapers 2008″.

As pessoas pagam para ter acesso a livros, elas recebem também informação livre apoiada pela publicidade, que pagam para conteúdo premium, como terminais Bloomberg. “A web não será diferente …. deve se transformar num espectro”, disse ele.

“Há um certo grau de mercantilização na web, quando isso acontece, o preço cai.” Arora diz que os meios de comunicação terão “mais leitores e espectadores” para assumir lucros. No caso dos blogs,  Arora afirma que a sensação de abundância não vai durar. Ele vê o processo como o programa American Idol, um pequeno número atraindo uma grande audiência.

Ele ainda prevê que os jornais irão se separar da Web, porque a plataforma apresenta fatos de especialistas. Os 1,3 bilhões de pessoas conectadas on-line no mundo de hoje dará lugar a 3 bilhões de pessoas nos próximos cinco anos. Esta será uma grande oportunidade porque é fácil distribuir conteúdo online. Mas o grande desafio enfrentado nos jornais é a “separação da manada”.

Enquanto um jornal tradicional contém notícias, esportes, artes, características, que não é o futuro. “Hoje é possível encontrar diversos locais especializados para obter essa informação.” Os jornais terão que resolver o problema de ser especialista para muitos na web.

Arora ainda lança um desafio confiança e de credibilidade para os jornais: “o mundo da internet pode diluir sua marca ao envolver os leitores? Esta não é uma geração que quer as coisas ditas, esta é uma geração que quer participar da formação de opinião.”

Fonte: Greenslade

Comentários (4) Categorias: Google

Yahoo! já havia rejeitado proposta da Microsoft há 15 meses

Por em 3 de junho de 2008 – 9:46

Segundo documentos revelados nesta terça-feira, o Yahoo! já havia rejeitado uma proposta de aquisição pela Microsoft há 15 meses. Na época, a Microsoft teria oferecido a empresa de Jerry Yang o valor de US$40 doláres por ação, uma proposta mais elevada que a mais recente divulgada (US$37 doláres).

A revelação desta proposta da Microsoft com maiores dimensões, que foi rejeitada em janeiro de 2007, é parte de uma documentação solicitada por um juiz em resposta a uma ação judicial de um acionista contra o Yahoo!.

Os documentos também revelam indícios que o CEO do Yahoo, Jerry Yang, em um esforço para frustrar os planos da Microsoft, teria desenvolvido um plano de compensação que poderia custar a Microsoft mais US$ 2 bilhões caso ocorresse a compra empresa.

Yahoo! Messenger 9.0 Beta ganha nova atualização

Por em 2 de junho de 2008 – 20:18

Aos fãs do Yahoo! Messenger, foi liberada uma atualização do Yahoo! Messenger 9.0 Beta com algumas melhorias.

Emoticons maiores

O Yahoo! aumentou o tamanho dos emoticons das conversas.

Antes:
Depois:

Assim como no Windows Live Messenger, eles podem ser usados na sua mensagem pessoal a partir desta atualização.

Mensagem pessoal aprimorada

Agora a mensagem pessoal é dividida em duas partes: uma é seu status (ocupado, ausente, etc) e a outra é uma mensagem pessoal de sua escolha.

Dois modos de visualização da lista de contatos

É possível visualizar seus contatos no modo compacto ou detalhado. Foi adicionado um novo botão para acessar estas opções.

Aprimorada a ferramenta de importar contatos

Está mais fácil convidar seus amigos para o Yahoo! Messenger, já que agora a lista de importação suporta Gmail, Orkut, Yahoo! Address Book, Hotmail, AOL e muito mais.

Por se tratar de uma versão beta, experimente e envie seu feedback para o Yahoo! – ele é importante para que tenhamos um produto muito melhor na versão final.

Download do Yahoo! Messenger 9.0 Beta (em Português do Brasil ou Inglês)

Fonte: Yahoo! Messenger Blog

Comentários (2) Categorias: Yahoo

Fóruns do Orkut ganham “quotes” [atualizado]

Por em 2 de junho de 2008 – 20:00

Sabe os quotes? Sim, são aquelas citações muito utilizadas em fóruns, que permitem destacar certo trecho postado por uma outra pessoa. O Orkut implementou os quotes nos fóruns recentemente e, como sempre, ainda não disponibilizou à todos os usuários.

Veja abaixo uma imagem do recurso em uso.

Agradecimentos ao Otávio Müller pela dica e imagem!

ATUALIZAÇÂO: Segundo o leitor Marcelo, esta não é uma nova funcionalidade do Orkut, mas uma opção criada com uso de um script do Greasemonkey(add-on) para Firefox.

Google Shell: utilize o Google por linhas de comando

Por em 2 de junho de 2008 – 19:48

O leitor Brunno Barbosa nos enviou uma ótima dica para quem é programador e adora linhas de comando: o Google Shell.

Este site não-oficial permite a utilização de determinados comandos para efetuar as buscas no Google e de parâmetros para direcioná-la.

O site é muito bem feito e divertido, vale a pena testar o serviço! Se quiser saber quais são os comandos e parâmetros disponíveis, digite help e tecle enter.

Comentários (2) Categorias: Google

Google pode ajudar Apple no lançamento do Me.com

Por em 2 de junho de 2008 – 17:54

Segundo informações do blog “fofoqueiro” ValleyWag, a Apple pode fazer em breve um grande anúncio em conjunto com o Google para lançar seu novo serviço Me.com.

Fontes do blog teriam afirmado que a Apple deve revelar a novidade na conferência Apple’s Worldwide Developers na próxima semana. Embora o anúncio possa apenas apresentar uma integração das funcionalidades do GPS interno do iPhone com o Google Maps, uma fonte próxima as duas empresas acredita em algo além disso.

A Apple oferece atualmente para usuários do Mac recurso como e-mail, bookmarks, armazenamento de arquivos e compartilhamento de fotos. Ao contrário da empresa de  Steve Jobs, o Google oferece os mesmos serviços gratuitamente(além de armazenamento adicional pago).

Para a fonte do ValleyWag, a Apple poderia abrir mão destes produtos para Google em troca de uma parcela da receita. Assim poderia competir com o próprio Google, Yahoo, Microsoft e aplicações on-line.

Na contra-mão do rumor

A própria ValleyWag mostra não acreditar no rumor, e para os fofoqueiros do Vale do Silício, a atitude de ceder a web para o Google poderia ser “um golpe no ego corporativo” da Apple.

Comentários (3) Categorias: Google

Google celebra Festa della Repubblica Italiana

Por em 2 de junho de 2008 – 16:52


Google está celebrando hoje com um Doodle especial a implantação da República na Itália.

“Em 2 de Junho de 1946, um referendo resultou na abolição da monarquia e na instalação de uma república, que culminou com a adoção de uma nova constituição em 1 de Janeiro de 1948″ descreve a Wikipédia.


Baidu está exibindo um logo especial em homenagem ao menino que sobreviveu ao terremoto natural na China.

Analistas do Mercado Financeiro voltam a falar que Google precisa comprar a Salesforce

Por em 1 de junho de 2008 – 20:57

Google Salesforce logoVez por outra, aparecem rumores de que a líder mundial em oferta de software como serviço (via nuvem de computação) de CRM (gerenciamento de relações com clientes) estaria na mira de compra da Google. A última foi ainda em abril de 2008 e o Renê contou para vocês. No entanto, isto nunca aconteceu.

O Google Apps já está integrado à plataforma da Salesforce, mas um estudo recente, feito por uma consultoria especializada do Mercado Financeiro (são pessoas muito informadas), concluiu que chegou a hora de a Google investir pesado, para concorrer com a Microsoft nos mercados de aplicativos de escritório e de CRM e que isto deve ser feito com a compra da empresa citada.

Para quem diz que esta compra seria desnecessária porque o Google Apps já está integrado à plataforma Salesforce, o estudo lembra o seguinte:

  1. a Microsoft já concorre no mercado de CRM (inclusive on-line), com o seu Dynamics ERP e CRM; e
  2. os vendedores da Salesforce não terão nenhum incentivo para vender o Google Apps, se a empresa não fizer parte do conglomerado Google, o que dificultaria o crescimento da base de clientes remunerados dos aplicativos de escritório Google.

Os produtos Salesforce têm tudo a ver com a proposta da Google de hospedar tudo na grande nuvem de computação. Seu grande defeito é estar centrada apenas em CRM e um pouco em ERP. Afinal, como eu já disse aqui, a Google precisa entrar nos mercados de ERP, CRM, Data Warehousing, Data Mining, Buseness Inteligence, ECM/GED e Supply Chain Management, tudo na grande nuvem. A Salesforce não possui tudo isso, mas pode perfeitamente se tornar o início de uma plataforma on-line para administração de negócios da gigante de Mountain View.

O preço seria salgado (de USD$ 8 a 10,5 bilhões), mas as vendas da empresa e as possibilidades de ganhos futuros com a expansão do mercado parecem compensar. As demais opções (SAP e Oracle) seriam melhores no tocante à quantidade mercados atingidos, mas ainda não estão totalmente na Internet e custariam muito mais caro (USD$ 65 bilhões e USD$ 117 bilhões).

Fala-se também que para a área de Business Inteligence, a Google poderia comprar a Panorama Software, que tem um produto totalmente portado na grande rede. Eu não me espantaria se a Google comprasse as duas e as integrasse.

Uma coisa, no entando, parece estar atrasando qualquer possível aquisição por parte da Google nos últimos meses: a novela da compra da Yahoo! pela Microsoft. Afinal, se isto acontecer, as prioridades terão que ser revistas e outras empresas também tenderão a entrar no carrinho de compras da Google. Assim, talvez uma decisão sobre a entrada da Google no mercado de CRM poderá demorar algum tempo.