Da série o que fazer com USD$ 48 bilhões: Netflix

Por em 8 de março de 2013 – 11:55

netflixAntes de ler este post, favor ler: O que fazer com USD$ 48 bilhões?

A Netflix é uma rede mundial de distribuição de filmes e conteúdo televisivo por meio da Internet presente em 40 países e que possui 33 milhões de clientes. Seu sucesso se deve à grande inovação de distribuir por streaming, o que levou, de certa maneira, à obsolescência da Blockbuster e a se tornar o grande compedidor dos serviços de TV por assinatura.

Para se ter noção da importância desta empresa, ela já se tornou, em 2011, na maior responsável pelo tráfego de Internet Unidos,

Não podemos nos esquecer de que o YouTube está tentando fazer um serviço concorrente, mas está enfrentando enormes dificuldades.

Vale lembrar que em 2011 a Google tentou comprar o site Hulu, concorrente direto, embora menor, da Netflix, mas não obteve êxito.

 

Vantagens:

 

  • daria um boom na combalida Google TV;
  • teria enormes sinergias com a o YouTube e com os diversos serviços de publicidade Google;
  • está crescendo e lucrando;
  • é o futuro da TV por assinatura.

Desvantagens:

  • é um ativo caro (mais de USD$ 10 bilhões);
  • a relação entre o faturamento (USD$ 945 milhões) e o valor de mercado está em mais de 10 vezes, o que poderia dificultar a recuperação do capital investido;
  • por ser uma empresa em ascensão, poderia haver resistências à venda.

Por todos estes motivos, penso que seria um ótimo ativo, se incorporado ao portfólio da Google. No entanto, em face dos pontos negativos, penso ser difícil que isso venha a ocorrer e que o mais provável é que o YouTube lance um serviço concorente.

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Comentários (0) Categorias: Google