A nova dimensão do Google Maps e Earth

Por em 6 de junho de 2012 – 17:14

O Google anunciou hoje uma grande atualização para seu serviço de mapas, o Google Maps e Google Earth. Além de explorar novas formas de abrangência, a empresa também tem procurado dar continuidade em novas formas de aprimoramento e usabilidade dos mapas.

“Durante a última década estivemos obcecados na construção de grandes mapas para nossos usuários – mapas que são totalmente abrangentes, cada vez mais precisos e incrivelmente fáceis de navegar”, explicou Brian McClendon, vice-presidente de Engenharia do Google Maps.

Para levar o serviço a novos locais, a empresa mostrou hoje a criação do Street View Trekker. A nova tecnologia, que cabe em uma mochila, oferece aos operadores do Google a possibilidade de câmeras em 360º em locais que são somente acessíveis a pé, por exemplo, o Grand Canyon.

Outra novidade lançada pela gigante de Mountain View estão os mapas offline para em mais de 100 países em dispositivos móveis, tanto em aparelhos com o sistema Android ou iOS. “Isso significa que da próxima vez que você estiver no metrô, ou não tiver uma conexão de dados, você ainda pode usar os nossos mapas”.

E não para por aí: o buscador também revelou a inclusão de novos modelos em 3D para as áreas metropolitanas no Google Earth em dispositivos móveis. O resultado, que você pode assistir no vídeo abaixo, é simplesmente incrível:

O Google explica como conseguiu fazer essa verdadeira obra de arte: “Isto é possível graças a uma combinação de nossas novas técnicas de renderização de imagens e visão por computador que permitem que nós automaticamente gerar paisagens completas em 3D, com prédios, terrenos e até paisagismo, a partir de 45 graus de imagens aéreas”, contou McClendon, que disse estar deslumbrado com o progresso do produto.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


16 comentários sobre “A nova dimensão do Google Maps e Earth”

  1. CassioREskelsen disse:

    O que a Google fez foi lançar um “Google Maps S”, ou seja, ou pouco mais do mesmo e que não são nenhuma novidade:
     
    – Mochila do Streetview, Pessoal ligado ao Open Street Maps já anunciou algo semelhante ano passado 
    – Imagens 3D feitas com avião, já existe faz tempo e existem várias formas de se fazer, não é nenhuma mágica. A Nokia já utiliza isso nos seus mapas faz algum tempo
    – Mapas offline- Nokia já faz isso faz tempo, tanto com Symbian quanto com Windows Phone.

  2. italogdm disse:

    Google…. mal posso ver seus movimentos…

  3. italogdm disse:

    @CassioREskelsen kkkkk nao compare por favor, não existe comparação do ovimaps com o google maps ¬¬

  4. CassioREskelsen disse:

     @italogdm  @CassioREskelsen Pq não? Comparo sim… 
     
    a) Faz muito tempo que o OVI (agora Nokia) está disponível offline e reconhecidamente sempre foram os mais completos
    b) A tecnologia 3D está disponível em várias cidades faz tempo
    c) O desenho 3D de várias cidades está disponível até nos celulares da Nokia faz muito tempo também,
    d) No Brasil, os mapas da Navteq/Nokia são mais completos e/ou atualizados que os do Google Maps que só estão atualizados em grandes centros.  Em rincões, como nesse exemplo: https://skitch.com/sricanesh/8fuds/map-of-ibirama-brazil-bing-maps, o Google Maps costuma ser um vácuo, equanto que a Navteq tem muita informação 

  5. renefraga disse:

     @CassioREskelsen  @italogdm “Imagens 3D feitas com avião”, tem certeza que você leu o post e assistiu o vídeo acima? É completamente remodelado da versão antiga que eram prédios em 3D sobre as fotos. 

  6. CassioREskelsen disse:

     @renefraga  @italogdm Claro que li. E repito: A C3 que a Nokia usa já fazia isso. Na verdade não são apenas imagens fotográficas, são imagens e LIDAR (imageamento a Laser) para obter uma superfície em relevo 

  7. Muriloe disse:

    É só eles fazerem uns ajustes e terão em mãos o mair GTA de todos os tempo!!! kkkk

  8. Muriloe disse:

    É só eles fazerem uns ajustes e terão em mãos o maior GTA de todos os tempo!!! kkkk

  9. joaoribeiromedeiros disse:

    Pra mim a melhor novidade é a do mapas offline, finalmente… kk
    .adslot-overlay {position: absolute; font-family: arial, sans-serif; background-color: rgba(0,0,0,0.65); border: 2px solid rgba(0,0,0,0.65); color: white !important; margin: 0; z-index: 2147483647; text-decoration: none; box-sizing: border-box; text-align: left;}.adslot-overlay-iframed {top: 0; left: 0; right: 0; bottom: 0;}.slotname {position: absolute; top: 0; left: 0; right: 0; font-size: 13px; font-weight: bold; padding: 3px 0 3px 6px; vertical-align: middle; background-color: rgba(0,0,0,0.45); text-overflow: ellipsis; white-space: nowrap; overflow: hidden;}.slotname span {text-align: left; text-decoration: none; text-transform: capitalize;}.revenue {position: absolute; bottom: 0; left: 0; right: 0; font-size: 11px; padding: 3px 0 3px 6px; vertial-align: middle; text-align: left; background-color: rgba(0,0,0,0.45); font-weight: bold; text-overflow: ellipsis; overflow: hidden; white-space: nowrap;}.revenue .name {color: #ccc;}.revenue .horizontal .metric {display: inline-block; padding-right: 1.5em;}.revenue .horizontal .name {padding-right: 0.5em;}.revenue .vertical .metric {display: block; line-height: 1.5em; margin-bottom: 0.5em;}.revenue .vertical .name, .revenue .vertical .value {display: block;}.revenue .square .metric, .revenue .button .metric {display: table-row;}.revenue .square .metric {line-height: 1.5em;}.revenue .square .name, .revenue .square .value, .revenue .button .value {display: table-cell;}.revenue .square .name {padding-right: 1.5em;}.revenue .button .name {display: block; margin-right: 0.5em; width: 1em; overflow: hidden; text-overflow: clip;}.revenue .button .name:first-letter {margin-right: 1.5em;}a.adslot-overlay:hover {border: 2px solid rgba(58,106,173,0.9);}a.adslot-overlay:hover .slotname {border-bottom: 1px solid rgba(81,132,210,0.9); background-color: rgba(58,106,173,0.9);}a.adslot-overlay:hover .revenue {border-top: 1px solid rgba(81,132,210,0.9); background-color: rgba(58,106,173,0.9);}div.adslot-overlay:hover {cursor: not-allowed; border: 2px solid rgba(64,64,64,0.9);}div.adslot-overlay:hover .slotname {border-bottom: 1px solid rgba(128,128,128,0.9); background-color: rgba(64,64,64,0.9);}div.adslot-overlay:hover .revenue {border-top: 1px solid rgba(128,128,128,0.9); background-color: rgba(64,64,64,0.9);}

  10. Jorge Rodrigues disse:

    Depois do Gmail, para mim, as melhores ferramentas do Google!

  11. kakinho disse:

     @CassioREskelsen 
    É vero. O Google não realiza update no mapa há tempos, pelo menos onde eu moro. 
    Se não estou enganado, o mapa da minha cidade não é atualizado desde 2006.  Isso é péssimo. Não moro no interior. População de 1 milhão de habitantes. 
    Seria melhor alterar o nome p/ Google Maps Limited. xD

  12. Ibraim disse:

    Num dos vídeos aparece o MapMaker e convida ‘Try Map Maker’. Infelizmente, assim como várias outras coisas das grandes da tecnologia, é algo que não funciona no Brasil. E o Google ignora totalmente, sabe-se lá porquê.

  13. CassioREskelsen disse:

     @Ibraim Melhor não usar o Map Maker mesmo pois você estará trabalhando de graça* para a Google.  Seria justo se a Google devolvesse os mesmos dados vetoriais que todo mundo adiciona no Map Maker, não apenas eles compilados.
     
    * Antes que alguém diga “ah, mas você usa o Mapa deles de graça”, lembro que a Google já fatura com os anúncios mostrados cada vez que você usa um produto deles.

  14. Ibraim disse:

     @CassioREskelsen É, percebi a tempo que era inútil e sem sentido ‘colaborar’ de graça pro Google e ainda ter seu esforço desprezado. No meu caso, há um motivador específico para meu desejo de colaborar, que é o fato da minha cidade ser tão pequena que não tem ruas no Maps. E seriam poucas pra colocar, trabalho pequeno. Mas não tem nem imagem de boa qualidade, solicitei mas não deram atenção. E o que contribui com estradas não apareceu no Maps.

  15. CassioREskelsen disse:

     @Ibraim Ibraim, sugiro que, se possível,  você contribua com o Open Street Maps! Assim os dados ficam disponíveis para todo mundo :)

  16. Ibraim disse:

     @CassioREskelsen Já dei uma olhada nele, infelizmente ele é ainda mais limitado que o Google Maps para a região da minha pequena cidade de origem. E a possibilidade de colaboração ainda é complicada, visto ser pra criar do nada. Nem imagens de satélite não tem suficientemente boas para desenhar ruas. Aproveitei agora pra dar uma olhada em como adicionar dados do GPS, particularmente de um celular Android. Vi algumas coisas que vou testar quando estiver por lá.