Google anuncia a nova geração dos Chromebooks

Por em 29 de maio de 2012 – 23:02

O Google anunciou hoje a chegada de uma geração dos Chromebooks, um novo conceito que notebooks que trabalham integrados a nuvem computacional do Google e executam o sistema operacional Chrome OS.

Diferente da primeira geração, o Chromebooks agora podem podem ser customizados a gosto dos usuários, sendo possível adquirir o Chromebox – uma pequena CPU que pode trabalhar com monitores e teclados independentes.

Os novos Chromebooks receberam um bom upgrade quando comparados com os equipamentos da primeira geração. Além do processador da Intel, agora há suporte para aceleração de hardware, trackpad multi-touch e firmware open-source oferece uma experiência de computação mais rápida e responsiva.

A interface do Chrome OS também foi totalmente redesenhada. Embora o sistema operacional tenha fico 100% na internet, o Chrome OS agora apresenta um ambiente mais complexo, com papel de parede e barra de aplicativos para acesso rápido.

Por enquanto, os Chromebooks ainda permanecem limitados aos EUA e Reino Unido mas o Google espera adicionar mais países no futuro.

Veja a nova interface do Chrome OS:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


8 comentários sobre “Google anuncia a nova geração dos Chromebooks”

  1. gutoow disse:

    Ainda estou esperando o antigo kkkkk

  2. RodrigoCosta disse:

    Queria um.. 

  3. GilvaniLima disse:

    Alguém ai poderia me explicar a vantagem de ter um OS inteiro na Nuvem! Eu não consigo entender qual a vantagem nisso!

  4. ribeirovspace disse:

     @GilvaniLima Me faço a mesma pergunta….

  5. Vinicius Costa disse:

    O Brasil não possui velocidade de rede suficiente pra tornar a vida mais cloud. É tudo questão de usabilidade e tendência. Nós não vemos isso como tendência porque não temos suporte de uso.

  6. ribeirovspace disse:

     @Vinicius Costa Eu sinceramente não me sinto nem em sentiria confortável em deixar todos os meus documentos na nuvem mesmo sendo no Google…

  7. LucaoRFT disse:

     @GilvaniLima concordo,  tbm não vi nenhuma vantagem nisso, ele consome mais recursos que um sistema comum, é mais lento, mais instável… Se tiver uma única vantagem nisso, por favor me digam pois tbm estou interessado em saber mais sobre ele :)

  8. Destroyzer disse:

    Deu pra ver que no YouTube desse cara já tem as novas opções do Google+ no topo.