Opinião: a Google precisa comprar o Twitter imediatamente!

Por em 9 de abril de 2012 – 23:07

A Google está perdendo feio a luta pelo espaço social na Internet. O Google+ é um produto excelente, com grandes funcionalidades, com cerca de 100 milhões de usuários ativos, mas tem pouco tráfego. E tráfego é o que garante a “pegada social”.

Se você comparar o tráfego do Facebook, do Twitter, do Pinterest e do Orkut com do o Google+, o último está perdendo para todos os demais.

Não estou aqui a criticar o produto Google+. Afinal, o acho muito bem acabado. No entanto, o mecanismo de desenvolvimento e evolução das redes sociais não tem a mínima lógica, o que faz produtos com piores funcionalidades eventualmente obterem sucesso e outros muito bons simplesmente morrerem.

Hoje, o Facebook conseguiu comprar o Instragram. Foi um verdadeiro soco no estômago da Google.

Definitivamente, não dá mais para esperar que o tempo e a competência colaborem e façam o trabalho para o Google +. A Google precisa investir pesado e comprar mercado.

Para fazer isto, precisará colocar bastante dinheiro na mesa e comprar o Twitter. Se conseguir fazer isso, poderá atrair grande tráfego para seus sites e, de quebra, integrá-lo ao Google+, transformando-o em um produto realmente apto a competir com o Facebook.

Isto poderá custar algo em torno de USD$ 15 a 20 bilhões. No entanto, o mercado de publicidade, hoje dominado pela Google e ameaçado pelo Facebook vale este preço. Ademais, dinheiro a Google tem em caixa para isso.
Mas não dá para esperar muito tempo, porque o Twitter está preparando para abrir o capital e seu preço somente tende a subir.

Ah, e de quebra, valeria a pena pagar uns USD$ 2 bilhões e arrematar também o Pinterest, só para garantir o sucesso no espaço social.

PS: tenho conta no Twitter mas não sou twitteiro apaixonado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


33 comentários sobre “Opinião: a Google precisa comprar o Twitter imediatamente!”

  1. FernandoCaludio disse:

    é o que???

  2. jorgehulk disse:

    Caro Romulo !!! Calma… Não é por aí… Senão vejamos: Quantos anos tem o Google+ ??? Alguns meses …
    Veja um exemplo… O Chrome. Quando o Google lançou o seu navegador, nem gerenciador de impressão tinha… e depois de quase 4 anos estão chegando perto de ultrapassar o até então imbatível IE. E o Android??? quando o google liberou a versão 1.0,  os fabricantes de celulares ficaram alheios, temoros… e olha só no que deu…
    Portanto as coisas não acontecem de imediato… leva um tempo mínimo para se cconsolidar… Mesmo o Facebook levou um bom tempo para passar o MySpace. O próprio Google não passou o Yahoo da noite para o dia.
    Agora, que eu concordo que o Google deva adquirir o Twitter, sem dúvida, como fez com o youtube. E por que não??? O Google+ trabalha bem com Hashtags e trending topics e acho que a integração operacional seria suave.
     
    Mas tenhamos em mente. O “sucesso” do Facebook se deve a facilidade que temos hoje de compartilhar tudo de forma imediata. Mas isso está criando uma distorção severa do que devemos realmente compartilhar??? Será que ja não estamos de saco cheio de tanta inutilidade compartilhada..??? Será que não estamos enchendo demais o sacos dos nossos amigos??? As redes sociais são uteis ou futeis ??? Podemos melhorar isso??? Eu acho que o Google Plus é a resposta !!!

  3. renannovaes disse:

    Muita calma nessa hora. Muitas empresas fizeram ofertas pela aquisição do Twitter, mas hoje isso é algo quase impossível pq o Twitter ja pode andar tranquilamente com as próprias pernas. O Google+ é um investimento a longo prazo de grande potencial, mas vai ouvir muita piada de seus “irmãos mais velhos” por pelo menos uns 2 ou 3 anos… mas a idéia principal, o google ja conseguiu… unir numa única plataforma, não os seus programas, mas os seus usuários e poder se defender da ameaça que o facebook representa.

  4. Denis_Oliveira disse:

    Romulo, concordo com vc ! A compra do twitter melhoraria a social search, aumentaria exponencialmente os usuarios do plus atraves de uma integração das ferramentas e aumentaria o apetite dos acionistas do google.
    Qto ao pinterest, apesar de pequenos tem uma integração razoalvelmente facil ao picasa e picasaweb. Falta apenas um concorrente ao instagram…..

  5. alex upits disse:

    Romulo o Twitter acho que não cola mais comprar ele já passou do sua maturidade e ainda hoje passa fome ainda mais que comprando o Twitter é capaz de vir de brinde o tumblr  o que não combina nada com o que o Google anda fazendo.
    Que o Google+ é novo ok mas o Pinterest tem muito mais trafego e alem de ter quase a mesma idade não tem metade da verba do Big G .
    Como o artigo foi de opnião vou deixar a minha tambem:Não o Google não deve comprar mais nada antes de terminar o que começou , não tem que se meter em mais nada antes de fazer a Motorola produzir setups box com o Google TV (depois de fundir ele com o Android) , produzir celulares de baixo custo próprios com distribuição global via Motorola , unir o Chrome web Store ao Google Play , liberar os produtos do Play Books,Music e Movies para outros paises alem dos EU e Canada ,terminar a integração entre seus serviços apontando todos eles para o Google + e com isso forçando as pessoas a usarem a rede como um todo e mostrando que o Google + é sim uma grande rede de pessoas e não de ferramentas como é hoje .
    Os caras tem muito trabalho pela frente o Google ficou parado por 5 anos fazendo coisas incríveis que apontavam em direções totalmente diferentes eles não tinham visão de mercado e agora que tem que arrumem a casa o mais rápido possível

  6. alex upits disse:

     @Denis_Oliveira  o G+ tem tanto trabalho fotografico excelente quanto o pinterest ,e o instagram socializou o que o Picknick fazia a 5 anos atraz . Onde o Google errou nessa historia?

  7. duschultz disse:

    Pq falar em A google e nao fala O google, todo mundo sabe que esta falando da empresa mas o que todo mundo gosta de ouvir eh O google.

  8. Compulsivo disse:

    Na minha opinião o Pinterest é mais negócio. A Google deveria ter comprado o Twitter em 2009, mas perdeu a oportunidade naquela época em que os rumores a respeito pipocavam. Se não conseguiu, ou não quis, naquela época, acredito que hoje em dia seja praticamente impossível.

  9. Compulsivo disse:

     @Compulsivo 1o. de Abril de 2009: http://www.compulsivo.com.br/2009/04/finalmente-google-e-twitter-fundidos.html

  10. Edu Tavares disse:

    Concordo é número e gênero. Eu era aficcionado pelo G+, mas perdi a graça com o tempo. Acho q ele causa esse dano aos seus usuários. Ele precisa unir suas funções a alguma coisa que seja essencial, como o twitter, para muitas pessoas. E o Pinterest veio pra ficar e já frequento mais lá do que o G+ hoje em dia. Gosto muito dele. Vamos agir e coçar os bolsos Google!!!

  11. diogeneskelsen disse:

    eu tiraria os jogos (e colocaria como um serviço independente) e aquele monte de coisas que o G+ fica me oferecendo (empurrando na minha tela)…

  12. diogeneskelsen disse:

    Não compraria o Twitter, não precisa comprar o Twitter para integrar ao G+, comprar pode causar um impacto negativo (os usuários podem começar a sair), a Google poderia fechar uma parceria com a Obvious para ter acesso novamente(?) a API em tempo real do Twitter.

  13. debugmaster disse:

    Bom, nem há o que argumentar, as pessoas abaixo já expressaram o que eu diria.
     
    Google+ é um projeto social de longo prazo. Ainda há o que esperar dele. Ele muda todo dia, Facebook também.

  14. ajisma disse:

    Eu não creio que este comentário tenha muita razão de ser. Acho é que o problema do G+ é em este não apostar no desenvolvimento do username mas apenas do nome. Eu acho que pode muito bem permitir a criação de um username que poderá ser ou não diferente do username do Gmail. Assim, com certeza sairia a ganhar. Quando quero mencionar um amigo no Twitter uso o @ seguido do username. No G+ deveria poder usar + seguido do username, alternativa ao nome completo.
    Acho que as páginas do G+ não tiveram assim tanta adesão pois a integração não foi muito bem bolada. Achei que iam colocar uma área distinta para circular páginas, além de que a estrutura das páginas deveria ter outras opções, desde permitir colocar apenas uma foto no topo da página em vez daquelas 5. Deveria pensar em trazer para o G+ uma estrutura semelhante às antigas páginas do Facebook, trazendo o banner do lado esquerdo, no meio as partilhas e no lado direito a lista de seguidores, bem como de páginas que o autor da página quisesse ligar. Além disso, deveria surgir como opção, um pequeno resumo com foto, nome, breve descrição e link para o perfil. É necessário ainda a criação dum username especifico para páginas (estrutura: http://plus.google.com/p/username)
    Acho que o G+ tem tudo para dar certo mas também tem que acabar com as animações. Tem que permitir adicionar etiquetas às fotos adicionadas. Tem que adicionar automaticamente, através de RSS, o primeiro parágrafo de cada texto publicado em blogs, trazendo também a primeira foto.
    A partilha de links do G+ tem que ser melhorada permitindo adicionar um link abaixo dum texto como acontece no Facebook. Deve ainda ser permitido editar a descrição associada ao link.

  15. ajisma disse:

    Eu não creio que este comentário tenha muita razão de ser. Acho é que o problema do G+ é em este não apostar no desenvolvimento do username mas apenas do nome. Eu acho que pode muito bem permitir a criação de um username que poderá ser ou não diferente do username do Gmail. Assim, com certeza sairia a ganhar. Quando quero mencionar um amigo no Twitter uso o @ seguido do username. No G+ deveria poder usar + seguido do username, alternativa ao nome completo.
    Acho que as páginas do G+ não tiveram assim tanta adesão pois a integração não foi muito bem bolada. Achei que iam colocar uma área distinta para circular páginas, além de que a estrutura das páginas deveria ter outras opções, desde permitir colocar apenas uma foto no topo da página em vez daquelas 5. Deveria pensar em trazer para o G+ uma estrutura semelhante às antigas páginas do Facebook, trazendo o banner do lado esquerdo, no meio as partilhas e no lado direito a lista de seguidores, bem como de páginas que o autor da página quisesse ligar. Além disso, deveria surgir como opção, um pequeno resumo com foto, nome, breve descrição e link para o perfil. É necessário ainda a criação dum username especifico para páginas (estrutura:http://plus.google.com/p/username)
    Acho que o G+ tem tudo para dar certo mas também tem que acabar com as animações. Tem que permitir adicionar etiquetas às fotos adicionadas. Tem que adicionar automaticamente, através de RSS, o primeiro parágrafo de cada texto publicado em blogs, trazendo também a primeira foto.
    A partilha de links do G+ tem que ser melhorada permitindo adicionar um link abaixo dum texto como acontece no Facebook. Deve ainda ser permitido editar a descrição associada ao link.
     
    Acho que se quiserem comprar o melhor é comprar o Pinterest pois este sim seria um serviço excelente a associar ao G+.
     

  16. Denis_Oliveira disse:

     @alex upits Alex, o assunto levantado pelo Romulo aponta isto. Não se trata do quão boa é a ferramenta e sim o momento que ela vive. Acho o G+ muito melhor que o FB, porém é o segundo que está na crista da onda. Não se trata de erro e sim de oportunidade;

  17. CarlosRabelo disse:

    O Google anda tão com o dedo podre, que qualquer rede social que eles comprarem, vão acabar exterminando ela meses depois.

  18. alex upits disse:

     @CarlosRabelo Tipo o Youtube né?

  19. alex upits disse:

     @Denis_Oliveira  Mas um ponto que ninguem levanta é que o Google por falta de foco deixou tudo morrer sem que tivesse o devido valor provado tirando o Blogger ,YouTube e Android para onde foram todas as aquisições do Google?
    Se o Big G não trabalhar com foco em um produto como um todo não adianta comprar nada mais ninguém ele por sí só tem todas as ferramentas para atrair todos os usuários do mundo, falta o conjunto certo e a publicidade certa vide Chrome.
     

  20. CarlosRabelo disse:

     @alex upits  Não sei se o Youtube esteja nesta situação, mas só o futuro pode dizer.

  21. alex upits disse:

     @CarlosRabelo Sim lógico 5 anos depois da compra ainda está muito vivo mas vai que em alguns meses se eles não passarem a vender e alugar filmes talvez ele morra assim como o Blogger e o Android que não depois que o Google comprou foram para o brejo.

  22. moic4 disse:

     @alex upits Calma cara.

  23. alex upits disse:

     @moic4 e digo mais o Google Discovery depois que foi reconhecido pelo Google tambem vai acabar em alguns meses!
    kkkkkkk

  24. MRodrigues disse:

    O Google+ é um lixo. Todos os produtos “sociais” do Google são péssimos.
     
    O fim do reinado do Google se aproxima. 

  25. jorgehulk disse:

     @MRodrigues 1ano, 5 meses, 16 dias e contando ….

  26. raubercassio disse:

     @MRodrigues Leia mais… horrivel tua opiniao… veja os produtos que o google tem… e duvido que nao usa nenhum deles… 

  27. raubercassio disse:

    Doi os olhos e a mente ler um montante de ignorancias escritas pelos leitores (sera que sao leitores?) 

  28. renefraga disse:

     @alex upits  @moic4 talvez o YouTube morra assim como o Blogger e Android? Em que realidade alternativa você mora? hahahaha

  29. renefraga disse:

     @ajisma esse recurso das URLs personalizadas está a caminho!! (Segundo os últimos rumores) :)

  30. renefraga disse:

     @diogeneskelsen os jogos já funcionam de forma independente.

  31. renefraga disse:

     @Edu Tavares Vale lembrar que o Google+ não gera qualquer lucro para o Google mas seu futuro está diretamente alinhado em melhorar a parte social das ferramentas da própria empresa.

  32. markzzbr disse:

    Vai ficar QUERENDO comprar o Twitter. Eles nunca quiseram e não querem vender o serviço por preço algum. Será que os fanboys do Google não conseguem entender que existem empresas que não tem como objetivo lucro através da venda, que são BEM mais ambiciosas que isto?

  33. Ibraim disse:

     @renefraga Achei que ele estava sendo irônico.